Sexta, 28 de Janeiro de 2022
Follow Us
Domingo, 21 Novembro 2021 21:23

País a saque

No Kuando Kubango, Moxico e no Uíge, chineses devastam os nossos recursos florestais; no Namibe, o governador acaba de lançar um dramático S.O.S: o mar está a ficar sem peixe. E, para não variar, os chineses também têm as suas venenosas impressões digitais nessa devastação.

Sábado, 20 Novembro 2021 16:37

MPLA: A técnica do vale tudo

O regime não mede esforço, quando se trata em manter-se no poder a todo custo. Não consegue esconder muito menos fingir quando se trata em violar a constituição e a lei ambas aprovadas pelo sistema que dirige o país há quarenta e seis anos.

Sexta, 19 Novembro 2021 20:20

Aonde reside o poder em Angola afinal?

Angola necessita acabar com o regime comunista instaurado, desfazer por completo a hegemonia dos serviços secretos do MPLA em governar o país contrariamente à Constituição da República de Angola.

Actualmente o MIREX se parece muito mais como um simples departamento do que como um verdadeiro Ministério, o MIREX perdeu completamente o seu “status”, já não tem identidade diplomática, a instituição está sem rumo, sem contole e sem comando, não há liderança, e até o momento ninguém teve a capacidade de pôr ordem no MIREX e direccioná-la no caminho certo rumo ao sucesso na Arena Internacional.

Sexta, 19 Novembro 2021 09:09

Adalberto Costa Júnior e a Frente Unida

O Partido Comunista da União Soviética existia de 1917 até 1991. Nós que crescemos durante a Guerra Fria temos uma ideia do poderio deste partido. Lembro-me claramente em 1989, em Copenhaga, capital da Dinamarca, estando na companhia de jovens vindo da União Soviética; eles pareciam robôs quando recitavam os valores da Komsomol etc.

A bajulação tem profundas raízes na política angolana e vive de braços dados com o culto de personalidade. A maior parte dos políticos angolanos gosta de receber elogios e reage mal às críticas aos seus erros e fraquezas.

Tendo expirado a entrega de candidaturas a presidência da UNITA, eis o cenário político que a UNITA corre de também ser um Partido Histórico com desvantagens de ter no Século XXI um único candidato para assumir o seu cadeirão máximo.

Sensivelmente à distância 1460 dias de completar meio século da sua existência como estado livre independente e soberano, à tempo consideravelmente longo a esta parte, Angola atravessa um período de grande turbulência no qual se regista de um lado grande perplexidade no panorama político doméstico, do outro adversidades de ordem sócio-económica profundamente desafiantes e sem paralelo na história da nação.

Página 7 de 281

Log in or Sign up