Domingo, 01 de Agosto de 2021
Follow Us

Se equipararmos Angola a uma aeronave, preferencialmente da nossa companhia de bandeira, a TAAG, com os problemas de gestão que conhecemos, podemos seguir a bordo para mais uma viagem de cinco anos, com início em 2022, ano eleitoral?

Os juristas da Presidência da República, a começar pelo Director de Gabinete do PR e do seu Ministro de Estado para a Casa Civil, continuam a aconselhar mal, ou a não aconselhar o Presidente da República.

Um alerta aos angolanos sobre comportamento suicida do PR. No dia em que tomou posse como Presidente da República e Chefe do Estado angolano, João Manuel Gonçalves Lourenço prestou o seguinte juramento:

A dívida pública é o centro da política económica e financeira do Governo, havendo que tudo fazer para a sua redução, significando pagá-la a quem a detém. Nada mais justo, embora se tenha de interrogar sobre os seus verdadeiros beneficiários, quando se constata uma constante pioria da situação social.

Segunda, 12 Julho 2021 17:01

Lionel Messi ou, simplesmente, Messi

 

Muitas vezes algumas pessoas passam por nossa vida sem que tenhamos contato pessoal, mas aprendemos a admirar pelo gesto, pelo carisma, pelo que representa em sua vida e que pode influenciar outras pessoas. Como vivemos de buscar heróis e líderes, este é uma das pessoas que temos que respeitar, sempre!

Durante a ditadura militar, a República Federativa do Brasil, foi marcada pelo autoritarismo, e pela exepção, porém, a ditadura, criou um sistema, de uma democracia de fachada, dentro da qual, ela, procurava se legitimar, tendo para o efeito, bancado, uma democracia constituída, por dois partidos políticos, verdadeiramente fantoches, ou doceis, ao regime militar no Brasil.

Um facto muitas vezes não passa de um azar, uma distracção, um erro técnico. Quando assim é, corrige-se facilmente. No entanto, a sua repetição implica outra classificação: um facto sistematicamente repetido torna-se uma norma.

Com raras excepções, os processos de intervenção do Banco Nacional de Angola na banca têm, historicamente, o traço comum da ausência total de transparência. Fixando-nos nos últimos 10 anos, período em que ocorrem os casos mais relevantes, a única intervenção do BNA que não suscitou qualquer alarido fundado foi a resolução do BANC.

Página 2 de 263

Log in or Sign up