Quarta, 01 de Fevereiro de 2023
Follow Us

Segunda, 25 Janeiro 2021 21:14

Votar na UNITA é um acto revolucionário, outros foram criados para dispersão de votos - Samussuku

O activista Hitler Samussuku, disse que, num país partidocrático como o nosso, votar num partido na oposição é a todos os títulos, um acto de rebeldia e só os fortes votam contra o MPLA.

Segundo Hitler Samussuku, o voto é um contrato social, sendo o acto, um firmar de acordo com o futuro representante desta mesma sociedade para representar os seus interesses no parlamento.

"Eu por exemplo, desde o ano 2008 que iniciei a exercer este direito de votar, nunca votei noutro partido até porque o MPLA nunca enganou-me. Em 1991, Jonas Savimbi já havia advertido que poderiam enganar os angolanos com partidecos", revelou.

Para Samussuku, quando o partido que escolhe livremente não cumpre com as clausulas do contrato, procura sancionar nos próximos pleitos, ao invés de abster-se do voto, o que é favorecer indirectamente o MPLA.

No ano 2017, depois de votar, disse ter divulgado o seu boletim de voto para que todos soubessem que não pactua com o partido no poder, MPLA, de jeito nenhum.

"Sinto-me tão orgulhoso quando não disperdiço o meu voto, até porque voto é sagrado. Em 2022 não é segredo que o meu voto irá pela quarta vez na UNITA porque o MPLA não serve e os outros partidos foram criados para dispersão de votos", garantiu.

Em 2027, referiu, viremos com o nosso próprio partido para acabar com a mesmice, acrescentando ser por isso oportuno, apoiar a UNITA porque amanhã será outro dia.

"O MPLA precisa saber mesmo que eu sou contra eles. As ditaduras normalemente nos levam a acreditar que os partidos na oposição são tão culpados pelo seu sofrimento, quanto o partido que lhe inferniza desde 1975. Se você acredita que MPLA e UNITA é mesma coisa é normal", observou.

Esta visão de factos por parte dos cidadãos, justificou ainda, é porque o MPLA não promoveu um sistema de educação capaz de fazer compreender os fenomenos politicos.

"Não é possivel teres um racicionio lógico quando te falta quase sempre pão na mesa. A tua pobreza faz parte de um plano estratégico para te manter na ignorância. Quanto mais ficas perdido no corredor de dúvidas diante do obvio, mais o MPLA mantém no poder", considerou.

Não és uma simples vítima, prosseguindo, és cúmplice desse sistema apodrecido. Mas ainda há tempo para se redimir dos erros, votando contra o MPLA em 2022.

Rate this item
(0 votes)