Quarta, 07 de Dezembro de 2022
Follow Us

Sábado, 26 Março 2022 18:28

Autoridades investigam morte de dois supostos meliantes por agente da SIC

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) angolano anunciou hoje que está a investigar as circunstâncias da morte de dois meliantes  em Luanda após uma perseguição policial, tendo sido já detido o agente que fez os disparos na via pública.

O SIC divulgou um comunicado sobre a investigação depois de ser posto a circular nas redes sociais um vídeo que mostra um dos homens, que coxeava, a ser abatido a tiro depois de se sentar num passeio ao lado de um outro, que foi também morto a tiro.

Segundo o Serviço de Investigação Criminal os dois integravam um grupo de marginais, composto por quatro elementos, munidos de armas de fogo, que se faziam transportar em duas motorizadas e perseguiam uma viatura onde seguiam vendedores provenientes do mercado do Kikolo, com o objetivo de os assaltar.

“A equipa deparou-se com os meliantes que, dando conta da presença das forças, efetuaram vários disparos contra os efetivos, e em resposta durante a perseguição foram atingidos dois dos marginais nos membros inferiores, que seguiam numa das motorizadas e munidos de duas armas de fogo do tipo pistola”, refere o comunicado do SIC.

“Um dos elementos que se encontrava sentado no chão, tentou fazer uso da arma de fogo que trazia na cintura. Em reação, atendendo ao histórico de violência destes indivíduos, (...) o agente efetuou disparos que atingiram mortalmente os dois marginais, tendo sido encontrados em posse destes duas armas de fogo”, adianta o comunicado.

O SIC abriu uma investigação “para aferir as reais circunstâncias dos factos”, tendo sido detido o agente em serviço que efetuou os disparos.

O comunicado realça ainda os antecedentes criminais das vítimas, um dos quais, um homem de 28 anos, tido como “um marginal altamente perigoso, com várias passagens pelo SIC”, suspeito de crimes de homicídio e roubo qualificado.

Decorrem ainda diligências para a identificação da outra vítima mortal e dos dois outros elementos em fuga, a fim de serem responsabilizados criminalmente, adianta o SIC que lamenta as circunstâncias da morte destes dois indivíduos e repudia o sucedido.

Rate this item
(0 votes)