Sábado, 13 de Agosto de 2022
Follow Us

O líder do MPLA, João Lourenço, disse hoje que o seu partido vai “aceitar e respeitar” os resultados das eleições de 24 de agosto em Angola e exortou todos os concorrentes a fazerem o mesmo.

Published in Destaque

Um analista angolano disse hoje não acreditar que o MPLA, partido no poder, mantenha nas eleições de 24 de Agosto a hegemonia de 2017, acreditando que a disputa será renhida e que partidos caloiros terão dificuldades de eleger deputados.

Published in Politica

Em referência às principais causas da impopularidade actual do MPLA, que considerou estar limitada pelo descaramento de actos fraudulentos e corruptivos, Marcolino Moco, antigo Secretário Geral do referido partido, disse este domingo, 06 de Agosto, continuar a tentar ameno e sereno diálogar com algumas pessoas afectas, orgânica e ou sentimentalmente, ao "glorioso M".

Published in Politica

O candidato do MPLA às eleições gerais de 24 de Agosto foi à cidade do Uíge lembrar que o principal adversário, a UNITA, desde as primeiras eleições multipartidárias em Angola, em 1992, nunca votou favoravelmente um Orçamento Geral do Estado (OGE), questionando: como querem "eles" ajudar o povo sem um Orçamento aprovado?. Disse estar convicto da vitória porque "o povo não é ingrato" e prometeu voos directos do Uìge para Cabinda e para KInshasa (RDC).

Published in Politica

O antigo Secretário Geral do MPLA, Marcolino Moco, disse esta sexta-feira, 05 de Agosto que não pode ser o culpado pelos erros de palmatória "cometidos" dentro do partido no poder, explicando o fio lógico das suas posições, durante esta campanha eleitoral, segundo constatou Angola24horas.

Published in Politica
Página 1 de 84