Quinta, 29 de Setembro de 2022
Follow Us

Sexta, 11 Março 2022 19:10

Homens matam pai na província de Cabinda por alegada prática de feitiçaria

Dois homens foram detidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), na província angolana de Cabinda, suspeitos de matarem o pai, ateando-lhe fogo, por alegada prática de feitiçaria, informaram hoje as autoridades locais.

De acordo com uma nota do SIC, citada pela agência noticiosa angolana, Angop, o homem teve 95% do corpo queimado, pelos dois filhos, que o acusaram de ser feiticeiro.

Este caso ocorreu, na segunda-feira, no bairro Simulambuco, periferia da cidade de Cabinda, enquanto outro caso semelhante se registou, também esta semana, no bairro Santa Catarina, zona sul da cidade de Cabinda.

No segundo caso, um cidadão, que se já se encontra detido, matou, esquartejou e queimou um homem sob o pretexto de que era feiticeiro.

Em Angola, as acusações de práticas de feitiçaria têm levado a ações de justiça pelas próprias mãos, sendo as vítimas, na maior parte das vezes, pessoas idosas, que são mortas ou agredidas por pessoas próximas, nomeadamente familiares ou vizinhos.

Nestas acusações de feitiçaria crianças também chegam a ser incriminadas, por alegadas desgraças, insucessos ou mortes verificadas nas famílias ou no bairro.

Rate this item
(0 votes)