Quinta, 28 de Outubro de 2021
Follow Us

Quinta, 26 Agosto 2021 18:34

IGAE prende funcionários públicos e agentes da PN

A Inspecção Geral da Administração do Estado (IGAE) na província da Huíla deteve em flagrante delito, quarta-feira, nos municípios do Lubango e Humpata, oito cidadãos, entre os quais um funcionário da saúde, três agentes da Polícia Nacional (PN) e quatro fiscais da administração do Lubango, por extorsão e recebimento ilícito de valores.

A informação foi avançada hoje, quinta-feira, à ANGOP, por uma fonte da IGAE na Huíla, referindo serem as primeiras detenções que a instituição faz na província, desde a sua instalação na província em Março do ano em curso, graças a denúncias recebidas.

A fonte explicou que o primeiro caso trata-se de um funcionário público de 32 anos de idade, técnico médio de 3ª classe e colocado na direcção municipal da Saúde no Lubango, que foi encontrado a receber cinco mil Kwanzas do seu denunciante, para que lhe fosse prestado um serviço de estomatologia.

Com esse detido, o IGAE encontrou 44.850 Kwanzas que se supõem terem sido angariados de forma indevida.

Outra detenção é de um agente de primeira classe da polícia, de 31 anos, colocado na Brigada Motorizada, no município da Humpata, apanhado a extorquir dois mil Kwanzas a um utente, por alegadamente não possuir a documentação em ordem.

Já o terceiro caso, que decorreu na segunda-feira, a equipa da IGAE constatou que dois agentes do Comando Municipal do Lubango e quatro fiscais da Administração do Lubango extorquiram 20 mil kwanzas a um moto-taxista por alegadamente realizar a sua actividade em local impróprio.

A fonte revelou que durante o acto de recepção indevida de valores foi igualmente cometido o crime de abuso de autoridade por um dos agentes da Polícia, que apontou a sua arma de fogo ao moto-taxista, em plena via pública.

Os cidadãos em causa já foram entregues aos técnicos do Serviço de Investigação Criminal (SIC) na Huíla a fim de serem presentes ao Ministério Público (MP) para definição da medida de coação pessoal.

Detido falso funcionário da administração

Por outro lado, um cidadão de 27 anos de idade foi detido, hoje, em flagrante, por fazer-se passar por funcionário da Administração Municipal do Lubango, quando tentava extorquir 150 mil kwanzas a um utente dos serviços, que procurava tratar uma licença de venda de combustível.

Em declarações à Angop, o porta-voz da Polícia Nacional na Huíla, 3º subchefe Fernando Tongo, informou que na posse do acusado foram encontrados diversos documentos falsos de concessão de terreno e presume-se que o cidadão em causa actuava em rede e não sozinho.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up