Segunda, 15 de Julho de 2024
Follow Us

Terça, 25 Junho 2024 13:59

Proposta de divisão de Luanda vai a consulta pública

A proposta de divisão da província de Luanda irá ser submetida “em breve” a um processo de consulta pública, segundo o ministro angolano da Administração do Território, Dionísio da Fonseca.

A informação foi avançada na segunda-feira pelo ministro no âmbito das II Jornadas Parlamentares do MPLA, que decorrem na província do Bié, e hoje divulgada na página de Facebook do ministério.

“O nome da província e sua sede serão discutidos com a sociedade, para procurar reunir consensos possíveis, que reflitam naturalmente os anseios da população de Luanda”, afirmou o governante, citado num comunicado.

O MAT vai realizar trabalhos técnicos no terreno, para definir, claramente, os limites de cada uma das províncias, adiantou o governante.

Luanda poderá ser dividida em uma região litoral, com exceção de Cacuaco, e outra que incluirá os municípios de Icolo e Bengo, Cacuaco, Viana e parte da Quissama.

Em fevereiro deste ano, os deputados aprovaram na generalidade, a proposta de lei da Divisão Político-Administrativa (DPA) que contempla a criação de duas novas unidades territoriais provinciais, resultantes da divisão das províncias do Moxico (que dará origem a Moxico e Cassai-Zambeze) e do Cuando Cubango (províncias do Cuando e do Cubango).

Com a nova Divisão Político-Administrativa, Angola passará a ser constituída por 20 províncias, 325 municípios e 375 comunas.

Rate this item
(1 Vote)