Sábado, 25 de Mai de 2024
Follow Us

Sábado, 30 Março 2024 13:01

João Lourenço felicita Bassirou Faye acreditando em nova dinâmica nas relações com Senegal

O Presidente angolano felicitou hoje o Presidente eleito do Senegal, Bassirou Diomaye Faye, considerando que a sua vitória eleitoral vem confirmar a justeza dos ideais de justiça social e de patriotismo, acreditando em nova dinâmica nas relações bilaterais.

João Lourenço, em mensagem hoje enviada ao Presidente senegalês, endereça vivas e calorosas felicitações pela vitória de Faye nas eleições presidenciais de 24 de março, referindo que esta vem confirmar a justeza dos ideais de justiça social, de patriotismo, defendidos no seu projeto político.

O chefe de Estado angolano diz igualmente estar convencido de que, junto com o seu homólogo senegalês, será imprimida uma nova dinâmica nas relações entre Luanda e Dacar, no sentido de afirmação da soberania e da defesa dos interesses de ambos os povos.

Deseja ainda sucessos e manifesta "a mais alta e fraterna consideração" a Bassirou Diomaye Faye.

A eleição de Faye, que completou 44 anos na passada segunda-feira e nunca ocupou qualquer cargo eletivo à escala nacional, está a ser descrita como um terramoto político, sendo esta a primeira vez, em 12 eleições presidenciais por sufrágio universal, que um candidato da oposição vence à primeira volta.

As eleições foram acompanhadas com atenção no estrangeiro, uma vez que o Senegal é considerado um dos países mais estáveis de uma África Ocidental abalada por golpes de Estado.

Eleições no Senegal

O Conselho Constitucional confirmou os resultados preliminares anunciados pela Comissão Eleitoral Nacional Autónoma (CENA) no termo da primeira volta das eleições presidenciais de 24 de Março corrente.

Em segundo ficou o candidato da coligação no poder e ex-primeiro-ministro, Amadou Ba, que obteve 35,79% dos votos e, em terceiro lugar, Aliou Mamadou Dia com 2,8% dos votos.

Bassirou Diomaye Faye e Macky Sall encontraram-se já na quinta-feira, no Palácio Presidencial, na presença também de Ousmane Sonko, o líder da oposição e apoiante do novo Presidente, pondo fim a anos de virulento combate político.

De 44 anos, Bassirou Diomaye Faye passa a ser o mais jovem Presidente do Senegal e representa a primeira vez na história do país que um candidato da oposição é eleito logo à primeira volta das eleições presidenciais.

Libertado da prisão 10 dias antes do escrutínio, juntamente com o seu mentor Ousmane Sonko, Diomaye Faye apresentou-se durante a campanha como "o candidato da ruptura", mas  defendeu a "reconciliação nacional".

Sete milhões de senegaleses foram chamados às urnas, no dia 24 deste mês, para escolher o novo Presidente, numa eleição em que os seus maiores protagonistas não foram a votos.

Entre os 16 homens e uma mulher inscritos no boletim de voto, os dois favoritos (Bassirou Diomaye Faye e Amadou Ba) foram escolhas pessoais de duas individualidades políticas excluídas do escrutínio, designadamente, o Presidente cessante, Macky Sall, e o líder da oposição, Ousmane Sonko.

Bassirou Diomaye Faye concorreu pela coligação no poder, Benno Bokk Yakaar (BBY, Unidos pela Esperança, em wolof), liderada pelo partido do Presidente Macky Sall, .seu principal adversário que prontamente reconheceu a sua vitória.

Na sua primeira aparição pública, desde que o anúncio da sua vitória, prometeu que o seu país continuaria a ser "o aliado seguro e fiável" de qualquer parceiro estrangeiro "que se empenhe numa cooperação virtuosa, respeitosa e mutuamente produtiva".

O Senegal é um país da África Ocidental com cerca de 18 milhões de habitantes. 

Rate this item
(0 votes)