Segunda, 20 de Setembro de 2021
Follow Us

Sexta, 25 Junho 2021 12:20

Hitler revela percurso de Nfuka Muzemba e considera "Esperança Moribunda" seu partido

Nfuka Muzemba, foi Presidente do MEA, onde destacou-se até atingir o cargo mais elevado da JURA - braço juvenil do partido UNITA, tendo mobilizado os jovens deste partido a aderir a onda de manifestações que tiveram início em 2011, ganhou protagonismo, foi preso e daí começou a inversão de valores.

Refira-se que, o antigo secretário da JURA, Mfuka Muzemba, fez a apresentação oficial, esta quinta-feira 24 de junho, no Royal Plaza Hotel, de Talatona, em Luanda, o seu projecto político "Esperança", cujo slogan é "A Certeza da Mudança".

De acordo com o activista cívico, Hitler Samussuku, Nfuka Muzemba mentiu os angolanos que iria apresentar uma comunicação pública sobre a actual situação política, desafios e caminhos no Royal Plaza, tendo os convidados saído convictos de suas casas para este propósito, acabaram ser surpresos porque na verdade era a apresentação de mais um partideco.

"Jonas Savimbi nos seus brilhantes discursos dizia que “o MPLA vai vos enganar com mais uns partidecos” e está aqui mais uma prova", avançou.

Muito antes de concorrer para deputado, acrescenta Hitler, Nfuka Muzemba tinha sido corrompido pelo MPLA e essa descoberta só foi possível depois de ser eleito e apareceu em conferência de imprensa, depois de ser afastado da direcção da JURA a acusar a UNITA de ser um partido tribalista, mas que, as suas acusações não encontraram eco na sociedade.

Segundo ainda Hitler Samussuku, Nfuka Muzemba, terminou o mandato fora da bancada parlamentar da UNITA, destruiu seu capital político e manteve-se calado diante das injustiças sociais, corrupção e outros males que enfermam os angolanos "e hoje aparece cinicamente com a proposta de um partido político quando estamos todos cientes de que a mudança só é possível com a Tripartida (Adalberto, Abel e Justino ou UNITA, PRAJA e Bloco Democrático)".

"Com quem o Nfuka irá contar para legalizar o seu partido? Claramente com o apoio do Miala com vista a dispersão de eleitores, mas o povo angolano já não é o mesmo que se deixa enganar por tudo e por nada", conforme o activista cívico.

Finalmente, assegurou que a consciência colectiva está voltada para a alternância e esta já tem rostos com credibilidade e notoriedade. "O resto é aleatório".

De salientar que, o antigo militante da UNITA, anunciou no início de Junho corrente a sua saída oficial do maior partido da oposição, alegadamente por motivos pessoais e que, pretendia "abraçar novos desafios".

Importa realçar que, Nfuka Muzemba, foi afastado da liderança da JURA, pela direcção da UNITA, há oito anos, por suspeitas de que recebeu milhões de dólares e viaturas para travar manifestações contra o antigo Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up