Quinta, 19 de Mai de 2022
Follow Us
Terça, 22 Abril 2014 10:05

A improbidade administrativa

Já virou moda, neste país, o facto de que quem sobe para determinado cargo trata, em primeira instância, de colocar nos lugares-chave indivíduos da sua conveniência.

“O que os gangsters e o seu chefe embolsam com o que é desviado das receitas do petróleo e dos diamantes, parece não ser suficiente.

Em 1954, o jornal colombiano El Espectador envia um dos seus jovens jornalistas, Gabriel García Márquez, para cobrir um grande protesto contra o governo na remota cidade de Quibdó, no estado de Chocó.

Sábado, 19 Abril 2014 11:32

Abertura e diálogo

Vivemos no país tempos de consolidação da paz e de reconciliação nacional, de abertura e disposição para o diálogo inclusivo através do qual os angolanos aprendem a conviver na adversidade e no pluralismo.

Quarta, 16 Abril 2014 13:50

Êxito insuficiente

A tensão diplomática entre Portugal e Angola, que levou o presidente angolano a anunciar, em Outubro de 2013, o cancelamento da parceria estratégica com Portugal, teve a sua génese nas sucessivas fugas de informação em investigações do Ministério Público (MP) português a altos dirigentes angolanos.

O presidente JES está a semear ventos para depois ele ou sua família colherem tempestades, se não souber ler os sinais dos tempos.

Quarta, 16 Abril 2014 13:31

Às vezes no silêncio da noite

A diplomacia, no mundo actual, tem muito por onde evoluir.

Durante dezenas de anos o povo angolano em particular os jovens foram ensinados a repetir palavras de ordem (slogans) como “meros papagaios repetidores”.

Página 273 de 288