Sexta, 23 de Fevereiro de 2024
Follow Us
Destaques

Destaques (162)

O Presidente de Angola, João Lourenço, nomeou hoje Rui Falcão ministro da Juventude e Desportos, substituindo no cargo Palmira Barbosa, nomeada em setembro de 2022, informou hoje a secretaria de imprensa da presidência.

O Presidente em exercício da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e chefe de Estado angolano, João Lourenço, defendeu hoje a urgência de uma ação coordenada e eficaz para se travar o surto de cólera.

O Tribunal Supremo (TS) angolano anunciou hoje que a defesa de Hélder Vieira Dias “Kopelipa” recorreu do despacho de pronúncia que confirma o julgamento do general, emitido a 20 de dezembro, depois da fase de instrução.

José Eduardo dos Santos só confiava na filha para fazer o saneamento económico e financeiro da Sonangol. Isabel dos Santos, obrigada ou por ambição, aceitou o cargo e a opção acabou por ser o princípio do fim da sua carreira empresarial.

O Presidente da República aproveitou o discurso da cerimónia de tomada de posse do novo inspector-geral da Administração do Estado (IGAE) para dizer que este organismo não pode substituir o Serviço de Investigação Criminal (SIC) ou o Ministério Público quando ocorrem operações conjuntas.

O Ministério das Relações Exteriores convocou, sexta-feira, o encarregado de Negócios da Embaixada da República do Gabão em Angola, Wilfrid Ndundji Mundungue, para pedir explicações a respeito do insólito acontecimento ocorrido no seu país contra o presidente da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), Gilberto da Piedade Veríssimo, de nacionalidade angolana.

O Ministério Público (MP) vai enviar uma carta rogatória para Angola a pedir a acusação contra a empresária Isabel dos Santos num processo relativo à sua gestão na petrolífera Sonangol, adiantou a Procuradoria-Geral da República (PGR).

Isabel dos Santos associou hoje o processo por suposta gestão danosa na Sonangol a um “calendário político” do Presidente angolano, João Lourenço, que quer conquistar popularidade para um terceiro mandato e afastar as pessoas que se lhe opõem.

Cinco cidadãos foram detidos e apresentados este domingo, em Luanda, pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), devido ao envolvimento no assalto que culminou com a morte do sociólogo angolano Laurindo Vieira.

O presidente da UNITA anunciou hoje que o partido decidiu abandonar a Comissão de Reconciliação em Memória das Vítimas dos Conflitos Políticos, por esta “desvirtuar” a sua missão e se ter transformado em "destilador do ódio", responsabilizando o Presidente angolano.

Página 1 de 12