Domingo, 03 de Julho de 2022
Follow Us

Domingo, 10 Abril 2022 12:29

O pior e mais triste no João Lourenço não são os seus discursos de ódio

Mas sim, o não saber o que diz, por ser um sem noção? E a psicologia moderna ainda bem, que define este tipo de pessoas como uma espécie de lixo tóxico, assim como nos dá até mesmo alguns conselhos. Como lidar e olhar para um tipo destes como é o João Lourenço e outros dentro do MPLA.

Sendo o mais importante e fundamental para não entrarmos em stress, lhe olhar pura e simplesmente como se estivéssemos a olhar para um pedaço de merda no chão. Quem tem ao longo desses quase meios séculos de gestão do país por uma espécie também moderna do tipo novo de lumpen, marginais engravatados e endinheirados.

Ouvindo os discursos de outros dirigentes do MPLA, assim como seus pronunciamentos em público e em privado já deve ter dado conta de que lixo tóxico é, o que há de sobra dentro do MPLA. Em outras palavras, quer dizer, este lixo tóxico já é quase uma espécie do seu cartão de visita.

Por isso, em vez de estranharmos quando ouvimos pronunciamentos como os feitos pelo JLO no Cunene, iguais feitos por Bento Bento em outras ocasiões, Rui Falcão e outros do seu calibre e laia.

Devemos apenas nos precaver na medida em que não nos contaminarmos com seus vícios psicológicos e emocionais como desequilibrados que são. Pois eles, nem seus discursos merecem as atenções e importâncias que se lhes dão na maioria das vezes.

Você mesmo meu irmão, compatriota, camarada, amigo e conhecido que ainda tem o mínimo de racionalidade, que tem noção do que é um discurso político. Sério e responsável, que conhece as limitações de um vazio do tamanho de JLO, como podias esperar um outro discurso senão o show patético que brindou aos angolanos no Cunene?

Sinceramente falando e brincadeiras à parte, a não ser que sejas mais palhaço e lixo ainda mais tóxico do que é o João Lourenço.

Eu já previa este seu espetáculo como bom palhaço que é, se vivesse em Angola. Como gosto muito de circo e ser um tipo de grandes gargalhadas não perderia a oportunidade de viajar até ao Cunene só para me rir mesmo sem aplaudir.

Continuarei

Por Fernando Vumby

Rate this item
(1 Vote)