Terça, 24 de Novembro de 2020
Follow Us

Sábado, 21 Novembro 2020 18:45

O MIREX, EU e os Diplomatas Angolanos

As acções do MIREX são sempre em direcção ao fracasso, não há inovação, não há reformas, não há estratégias político-diplomáticas, não há projectos, não há criatividade nem crescimento intelectual por parte dos diplomatas, muita fragilidade e incompetência diplomática, que até aparece que as nossas embaixadas e consulados estão aí simplesmente por efeite, tendo em conta também que não fazem nada em prol dos angolanos.

Se se levasse a sério a importância da Diplomacia toda essa actual administração do MIREX já teriam sido exonerados, tal igual os embaixadores, os cônsules, os adidos, assim como os ministros conselheiros, que não têm feito nada para elevar a nossa Diplomacia. Os diplomatas angolanos brincam de fazer diplomacia, fazem de conta que fazem diplomacia, o nome «diplomata» pra eles é apenas um título, não corresponde com a postura deles, EU os chamaria de «paraquedistas na diplomacia», ou de «aventureiros dentro da diplomacia».

O MIREX tem cometido inúmeros erros, começando pela selecção do corpo diplomático que são enviados para representar Angola no estrangeiro e nas demais organizações internacionais, a selecção não é feita em base o mérito, é tudo por nepotismo, amiguismo e tráfico de influência, até os amigos dos amigos dos filhos dos governadores são incluídos no elenco dos diplomatas mesmo sem terem nenhuma formação diplomática.

Só pra dizer que a situação é mais grave do que podemos imaginar. Desses nossos diplomatas mal formados não se pode esperar nada de positivo. Se EU fosse o Ministro das Relações Exteriores acabaria com toda essa brincadeira e desordem, porque não é assim que se faz diplomacia, é preciso antes de tudo preparação, qualificação, deontologia profissional, técnicas de relações públicas e ética política, de modo que, qualquer membro do corpo diplomático possa ter domínio das responsabilidades diplomáticas que lhe forem atribuídas.

Não perdoarei o MIREX muito menos perdoarei os diplomatas angolanos enquanto não fizerem correctamente os trabalhos político-diplomáticos. EU passei e passo o tempo todo estudando Diplomacia, o meu domínio é total, estou muito longe diplomaticamente, por isso fico decepcionado ao ver o MIREX numa grande desordem, ao ver as nossas embaixadas e consulados funcionando mal, ao ver os nossos diplomatas mais preocupados com festas e farras, sabotando os cofres do Estado através da táctica da sobrefacturação.

O MIREX está sem direcção, isso está mais que claro, já não há dúvidas sobre isso, o MIREX está na desordem, a incompetência dos nossos representantes demonstra isso. Portanto, é preciso um novo líder no MIREX, alguém jovem altamente competente, dinâmico e qualificado para colocar ordem nas nossas embaixadas, e regras pontuais aos nossos diplomatas que em vez de trabalharem, passam o tempo passeando nas embaixadas, como se as instituições diplomáticas fossem lugares de lazer ou de turismo.

O.B.S: Já escrevi mais de 32 artigos sobre o MIREX, na qual apresentei várias propostas e sugestões de reformas e mudanças que poderiam ser feitas dentro do MIREX, e as coisas só pioraram, nada mudou, já que não querem ouvir sugestões, daqui em diante vou me limitar a criticar e apontar os erros do MIREX… O MIREX de tanta desordem está de patas pro o ar!

Por Leonardo Quarenta – O Rei da Diplomacia

Doutorando em Direito Constitucional e Internacional

Mestrado em Relações Internacionais e Diplomacia

Master em Direitos Humanos e Competências Internacionais

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up