Quinta, 03 de Dezembro de 2020
Follow Us

Domingo, 25 Outubro 2020 11:59

A manifestação de ontem e o dedo apontado á UNITA

MPLA com dificuldades em enxergar dois aspetos importantes: Mas antes de sublinhar aqui os tais dois aspetos importantes de que me refiro.

Importa dizer-vos o seguinte: A forma como falo e trato o MPLA e seus dirigentes, não tem nada a ver com aquilo que muita gente acredita. Eu ser uma pessoa tão rancorosa ao ponto tal, que já só vivo esperando que eles cometem erros ou crimes que é uma constante deles, para os atacar.

Nada disto, mesmo apesar de ser uma pessoa que nunca quis me relacionar com essa gente nem de longe nem de perto. Pois ainda bem que é assim, cada um ser livre e ter o seu legítimo direito em escolher as pessoas com quem quer ou não se relacionar.

Eu só falo assim deles por Angola e pelos angolanos mesmo consciente de que Angola hoje em termos concretos, diz-me pouco ou mesmo nada, não é bom ouvir isto, mas tenho que vos dizer. Até porque vivo fora 40 e poucos anos, com nacionalidade conscientemente renunciada, me sinto super feliz por isso.

E como nunca fui de sair de cavalo para burro o sonho de um dia voltar a meter os meus pés em Angola já morreu desde vários anos e ainda bem. Se há quem não pode dizer que daquela água jamais beberá eu posso sim dizer e de boca cheia, mas este é outro assunto, eu falo da forma com falo deles e os trato como trato.

Apenas e simplesmente por eles serem os únicos responsáveis pelo vosso sofrimento, que já se arrasta por quase 50 anos e pior do que isto com tendências para piorar pelo que vocês mesmos me dizem. Sendo assim não acho que seria boa atitude de minha se falasse deles e sobre a gestão claramente criminosa do país por eles, com sorriso nos lábios e gargalhadas.

E logo quando todos os indicadores apontam para tempos ainda piores, por causa da ganância pelo poder á todo custo mesmo se fazendo cada vez mais porcarias.

Os dois aspetos de que me refiro são

1) - Um dos aspetos que o MPLA tem tido dificuldades em enxergar.

É o facto deles mesmos estarem a criar hoje, os seus possíveis assassinos de amanhã, ao negarem dar condições dignas de vida aos jovens angolanos e a não gestão do país no sentido de inclusão. Cuidado camaradas, irmãos e compatriotas, mas muito cuidado mesmo.

Olha que todo humilhado tarde ou cedo procura se libertar sempre da humilhação á que está submetido e muitas vezes para tal opta mesmo pela via violenta. Precisam não esquecer de que ainda há uma grande quantidade daquelas armas nos bairros.

Que Nando e outros andaram a distribuir para se correr com a UNITA naquele tempo e poderem ser viradas qualquer dia contra vocês mesmos quem sabe?

2) - O outro aspecto é o facto de procurarem sempre culpados apontando o dedo á UNITA, como por exemplo até por essas manifestações.

Essa atitude covarde, em se procurar sempre bodes expiatórios só fortifica ainda mais a vossa incapacidade de compreensão vos impedindo de se esforçarem na procura dos vossos próprios erros para os corrigirem. Será que estes jovens precisam mesmo de algum político, partido político ou um como eu e outros que andamos aqui á escrever.

Para lhes mostrar a cor do sofrimento, das humilhações, dos vexames, os nomes dos gatunos e do desprezo á que têm passado desde quase 50 anos? Camaradas deixem-se lá de merdinhas, portem-se como gente. E se já não o são que se fingem pelo menos, pois olha que a vossa humilhação não vos torna mais fortes nem vos faz mais felizes, mesmo como porcos na porcaria...

Continuarei

Por Fernando Vumby

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up