Quinta, 24 de Junho de 2021
Follow Us

Quinta, 06 Mai 2021 14:16

Irmão de Joseph Kabila foi destituído do cargo do governador de Tanganyika

Zoe Kabila Zoe Kabila

Zoe Kabila, governador da província de Tanganyika, Sudeste da República Democrática do Congo (RDC), foi destituído do cargo nesta quinta-feira, 06, pelos deputados provinciais, na sua ausência, noticia a AFP.

Na sua moção, os 13 deputados provinciais, membros da União Sagrada, criada pelo Presidente Félix Tshisekedi, acusam Zoé Kabila " de má gestão, falta de respeito à instituição Assembleia provincial e à autoridades locais.

Irmão mais novo do antigo Presidente, Joseph Kabila, Zoe Kabila, foi destituído provocando uma controvérsia no que tange o respeito do procedimento.

"Os 13 deputados províncias que participaram na sessão plenária votaram pela destituição do governador Zoé Kabila", disse à AFP, Cyrille Kimpu, porta-voz da Assembleia provincial do Tanganyika.

Zoé Kabila," está retido em Kinshasa pelo governo central”, explicou, por seu lado, à AFP, o deputado Dominique Bota, membro da Frente Comum para o Congo (FCC), que agrupa os partidários de Joseph Kabila.

Segundo Bota, doze deputados da FCC foram impedidos pelas Forças da Ordem de aceder à sala da plenária.

O também filho do defunto Laurent Désiré Kabila era o único dos 26 governadores de províncias congolesas que não aderiu à União Sagrada lançada por Tshisekedi, em Novembro.

Investido a 24 de Janeiro de 2019, o Presidente Félix Tshisekedi quebrou a sua aliança com o seu predecessor Joseph Kabila, depois de dois anos de co-gestão do país.

Actualmente, controla as maiorias na Assembleia Nacional, no Senado e nas Assembleias provinciais, estando as principais instituições do país a serem dirigidas pelos seus seguidores.

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up