Quinta, 01 de Dezembro de 2022
Follow Us

Domingo, 10 Julho 2022 20:34

Governo angolano promete que filhas poderão entrar e sair do país sem serem presas

O Governo de Angola garantiu às filhas de José Eduardo dos Santos que se aceitarem a trasladação do corpo do pai para Luanda poderão entrar e sair do país para as cerimónias fúnebres sem serem presas.

Uma fonte que participou na reunião desta tarde revelou à SIC que a família prometeu dar uma resposta nas próximas 48 horas.

Isabel dos Santos foi uma das quatro irmãs que aceitou reunir com o ministro de Estado angolano por videoconferência. Já Tchizé dos Santos não quis sequer ouvir o que o Governo de Angola propõe para sanar as divergências e conseguir transladar o corpo do ex-Presidente para a terra natal.

As filhas mais velhas não parecem dispostas a aceitar um funeral organizado pelo atual Governo, que acusam também de ter contribuído para a morte do pai.

Uma fonte que participou na reunião revelou à SIC que o Estado angolano deu total garantia às irmãs de que se voltarem ao país para as cerimónias não serão presas.

O Governo angolano até já decidiu o local onde será prestada a última homenagem: em Luanda, junto ao memorial Agostino Neto. Mesmo sem o corpo, o início das homenagens esta marcado para esta segunda-feira.

A trasladação dependerá sempre da justiça espanhola e do resultado da providência cautelar interposta por Tchizé dos Santos. SIC

Rate this item
(1 Vote)