Segunda, 30 de Janeiro de 2023
Follow Us
Destaques

Destaques (95)

A consultora Fitch Solutions considerou hoje que a magra vitória do Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) nas eleições gerais vai manter um risco elevado de protestos e que o resultado reflete a oposição da juventude angolana.

A consultora Oxford Economics Africa disse hoje que a falta de um compromisso sobre o prazo para as eleições locais em Angola mostra pouca vontade do Governo na implementação do processo.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) autorizou Isabel dos Santos a realizar pagamentos de dívidas, através das contas bancárias arrestadas no âmbito do Luanda Leaks, às sociedades Finisantoro Holding Limited e Santoro Financial Holding através das quais a empresária detém uma participação de 42,5% no EuroBic

O Presidente angolano reiterou hoje, no discurso sobre o Estado da Nação, o compromisso com a criação de autarquias, sem avançar datas, e anunciou a construção de 35 assembleias para as autarquias locais e complexos residenciais em 36 municípios

O período de imunidade do antigo vice-presidente de Angola terminou. Todavia, não é expectável que o processo enviado de Lisboa para Luanda em 2018 vá ter seguimento. Manuel Vicente está no Dubai e há dois anos que não visita Angola.

A consultora Eurasia considerou hoje que o resultado das eleições em Angola representa a maior derrota do MPLA nos últimos 50 anos, e que o Presidente vai aproveitar as reformas políticas para afastar alguns dos seus críticos internos.

O ex-primeiro ministro angolano Marcolino Moco considera que a “revolta” contra o regime angolano “anda na cara de muita gente” e se os homens “sensatos” do MPLA não pararem com o “golpe de Estado” não conseguirão travar a “população revoltada”.

O presidente da UNITA, oposição angolana, disse hoje que “o preço do poder não vale tudo, não vale o banho de sangue do povo”, em resposta aos que tencionavam ver a UNITA na rua para conquistar as instituições.

Os advogados do empresário angolano Carlos São Vicente disseram hoje que um tribunal suíço decretou a suspensão da cooperação com as autoridades judiciais angolanas, devido à falta de imparcialidade no processo judicial contra o seu cliente.

O Presidente da República, João Lourenço, nomeou, esta sexta-feira, 23, o Executivo, na sequência das eleições gerais de 24 de Agosto.

Página 2 de 7