Terça, 16 de Abril de 2024
Follow Us

Quarta, 14 Fevereiro 2024 13:01

Detida funcionária bancária acusada de subtrair 100 milhões de kwanzas do cliente

O Serviço de Investigação Criminal (SIC) deteve, na última semana, em Luanda, duas cidadãs angolanas pelo crime de abuso de confiança qualificado.

As cidadãs funcionavam nos bancos Sol e Millenium e foram detidas através da Direcção Central de Combate aos Crimes Financeiros e Fiscais.

Em declarações à imprensa, esta quinta-feira, o porta-voz do SIC, Manuel Halaiwa, disse que a então funcionária do Banco Sol, de 48 anos e colocada na Área das Grandes Empresas, emitiu um cartão multicaixa associado a conta de uma empresa e, por esta via, subtraiu, de forma faseada, 100 milhões de kwanzas, mediante transferências e pagamentos.

Segundo o responsável, uma outra cidadã, de 37 anos e funcionária bancária, retirou por transferência ilícita da conta de um cliente, para benefício próprio, um milhão e 449 mil kwanzas.

O SIC apresentou também um grupo de cidadãos, detidos pelos operacionais da Direcção de Combate aos Crimes contra o Património, que se dedicava a prestar ajuda em operações nos ATM’s.

Um dos detidos, nas suas manobras, trocou um cartão multicaixa, no momento em que um cidadão pediu ajuda para efectuar uma operação no ATM e transferiu, de forma fraudulenta, mais de 14 milhões de kwanzas, usadando TPA's.

As zonas com maior número de dependências bancárias, como Cacuaco, Maianga, Benfica e Patriota, eram as preferências do grupo que possuía vários cartões multicaixa e aparelhos TPA’s.

Segundo Manuel Halaiwa, os envolvidos serão presentes ao Ministério Público para as medidas de coação.

 

Rate this item
(1 Vote)