Sábado, 13 de Julho de 2024
Follow Us

Terça, 02 Mai 2023 07:38

Queda de viga do prédio do lote 9 do Prenda alarma moradores

A queda, no princípio da noite desta segunda-feira, de uma viga de corta-vento do prédio do lote 9, no Prenda, distrito Urbano da Maianga, município de Luanda, colocou em estado de alerta os seus moradores.

Face ao ocorrido, os moradores do edifício de 12 andares tiveram que abandonar as residências à espera de orientações dos técnicos do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros que se encontram no local para um levantamento sobre o estado da infra-estrutura.

O edifício da era colonial acolhe mais de 70 famílias, segundo a moradora Suzete Carlos.

Em declarações à ANGOP, Suzete Carlos avançou que houve um desprendimento da asta do prédio que funciona como um corta-vento do entre-piso.

Os técnicos do SPCB, que foram chamados de emergência tão logo se registou a queda da asta, estão no local para a segurança dos moradores.

Trata-se do segundo edifício, na mesma circunscrição, que apresenta risco de desabamento, após as autoridades terem evacuado, a 22 de Abril, o edifício do Lote 1 devido a vibrações registadas pelos moradores.

O edifício colonial de cinco andares, existente há mais de 50 anos, foi evacuado e interditado para se impedir a circulação de pessoas no interior e nos arredores.

Há um mês, a 25 de Março deste ano, o município de Luanda foi abalado com a queda de um edifício na Avenida Comandante Valódia, devido ao seu mau estado de conservação.

Ministro acalma moradores

O ministro das Obras Públicas, Urbanismo e Habitação, Carlos Santos, e o governador da província de Luanda, Manuel Homem, constataram, na noite de segunda-feira, o estado actual do prédio do lote 9, localizado no Prenda, distrito Urbano da Maianga, município de Luanda.

No princípio da noite de segunda-feira registou-se a queda de uma viga de corta-vento do prédio do lote 9, no Prenda, que deixou em estado de alerta os seus moradores.

No final da visita de constatação, os dois governantes acalmaram os moradores, dando garantias de segurança.

Segundo o governador Manuel Homem tranquilizou os moradores, encorajando-os para não ficarem assustados, tendo em conta o acompanhamento que está a ser feito pelo Serviço de Protecção Civil e Bombeiros (SPCB).

De acordo com Manuel Homem, o Laboratório de Engenharia de Angola (LEA) fará, esta terça-feira, um estudo para melhor aferir o estado actual do edifício.

O Governo Provincial de Luanda (GPL), numa nota de imprensa, dá conta que a queda de uma viga de bordadura do edifício não coloca em risco a estrutura.

O GPL adianta que a função da peça em causa é, sobretudo, de carácter estético, pelo que não compromete a estabilidade e a segurança estruturais do edifício, tal como ficou confirmado pela inspecção visual realizada pela equipa técnica no local.

Rate this item
(0 votes)