Quarta, 31 de Mai de 2023
Follow Us

Quarta, 29 Março 2023 08:37

Odebrecht ganha contrato de 1.168 milhões de dólares para construir troço ferroviário em Angola

A Odebrecht e a Bento Pedroso Construções, que integra o grupo brasileiro, ganharam um contrato de 1.168 milhões de dólares para construir o troço Luena-Saurimo do Caminho de Ferro de Benguela, em Angola, segundo um decreto presidencial.

No diploma consultado pela Lusa, o Presidente angolano autoriza a despesa de 1.168 milhões de dólares (1.077 milhões de euros) e formaliza a contração simplificada (por ajuste direto) por critério material para a conceção e construção do troço de 260 quilómetros.

O despacho presidencial justifica o investimento com a necessidade de melhoria do transporte ferroviário, volume de mercadorias e número de passageiros transportados, sublinhando a importância deste eixo ferroviário na ligação entre o litoral e o interior de Angola, partindo de Benguela até ao Moxico, permitindo o transporte de mercadorias a partir do Porto de Lobito até à Região das Lundas.

O objetivo é dotar aquela zona de um meio de transporte seguro, fiável e competitivo que potencie atividades como a mineração, “altamente dependente dos meios de transporte para suprir as necessidades logísticas, bem como dinamizar o projeto Planagrão, cujo objetivo é impulsionar as indústrias e seus derivados com foco nas províncias da lunda Norte, Lunda Sul, Moxico e Cuando Cubango”.

O ministro dos Transportes terá a competência de aprovar as peças do procedimento e celebrar o contrato enquanto à ministra das Finanças caberá a disponibilização dos recursos financeiros.

Rate this item
(1 Vote)