Quinta, 22 de Fevereiro de 2024
Follow Us

Segunda, 23 Outubro 2023 10:23

Líder da JMPLA diz que a sua organização é a única no País, outros são ‘associações criminosas’

O primeiro secretário nacional da JMPLA, Crispiniano dos Santos, considerou domingo, 22, que a sua organização juvenil é a única no País, e as demais são "meras associações criminosas que patrocinam o vandalismo do património público".

"A nossa organização deve estar sempre na vanguarda. Sem medo de errar, a JMPLA é a única organização juvenil do País e não existe outra. É a única que doa sangue para salvar vidas, é a única que prepara a juventude para o ensino superior, é a única comprometida com a causa da juventude, a única que planta árvores, tendo em vista as alterações climáticas. As demais são meras associações criminosas", afirmou o líder juvenil do partido no poder, durante uma marcha de apoio ao Presidente do MPLA e da República, João Lourenço.

Crispiniano dos Santos acrescentou que as outras organizações juvenis promovem instabilidade, atentam contra a ordem social, queimando pneus nas ruas, "destruindo património público que custou o dinheiro de todos os angolanos de Cabinda ao Cunene".

"Temos de acabar com anarquia, temos de trabalhar para o desenvolvimento do nosso País. Por isso, cada jovem deve converter-se em verdadeiro promotor da paz e verdadeiro agente de mudança, para que Angola caminhe rumo ao desenvolvimento", referiu.

"Angola é nossa. Cabe a nós, cada um ao seu nível, fazer o seu trabalho. Cada um, onde estiver deve desenvolver a sua comunidade, deve ser um agente que agrega valores onde estiver inserido, só assim vamos triunfar e colocar Angola e os angolanos na rota de desenvolvimento", acrescentou.

Este final-de-semana, os actos de massas de apoio ao Presidente do MPLA, João Lourenço, tiveram lugar nas províncias de Benguela, Bié, Kuando Kubango, Kuanza Sul, Huambo, Huila, Luanda, Lunda Norte, Malanje e Uige.

Os actos de apoio ao João Lourenço multiplicaram-se nos últimos dias, na sequência de uma proposta de acusação e destituição do Presidente da República, uma iniciativa do Grupo Parlamentar da UNITA, já chumbada pelos deputados do partido no poder. NJ

Rate this item
(0 votes)