Sexta, 09 de Dezembro de 2022
Follow Us

Quinta, 29 Setembro 2022 19:03

Tribunal ordena confisco de bens do antigo governador de Cabinda Amaro Tati

O Tribunal da Comarca de Luanda (TCL) ordenou a execução dos bens de José Amaro Tati, antigo governador da província de Cabinda, por falta de pagamento ao Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA).

O edital da Sala do Civil e Administrativo da segunda secção do TCL, assinado pela juíza Carla Santos Cambanje, citado pela Rádio Nacional de Angola (RNA), refere que José Amaro Tati tem cerca de 40 dias para pagar a dívida que tem com o banco, avaliada em mais de dois mil milhões kz - 2.006.939.301.57 Kz -,acrescida de juros vencidos no valor de 99.420.846.21 Kz.

De acordo com o edital, o executado, José Amaro Tati, pode nomear bens a penhorar suficientes para cobrir o pagamento da dívida ao BAD.

Amaro Taty já desempenhou vários cargos governamentais, nomeadamente o de governador provincial de Cabinda e do Bié e a de secretário de Estado para a Agricultura. NJ

Rate this item
(0 votes)