Sexta, 12 de Agosto de 2022
Follow Us

Sábado, 25 Junho 2022 19:01

Presidente do MPLA diz que oposição faz truque de ilusionismo para tirar MPLA do poder

O presidenre do MPLA, João Lourenço, acusou, neste sábado, em Saurimo, a oposição de fazer recurso a várias manobras dilatórias, na tentativa de derrubar o seu partido da governação.

João Lourenço discursava num acto político de massas nos arredores da cidade de Saurimo, província da Lunda Sul, que reuniu mais de 50 mil pessoas, entre militantes, simpatizantes e amigos do MPLA.

Segundo lider do MPLA, a oposição concluiu que lutando individualmente contra o MPLA não vai chegar ao poder e "agora entenderam juntar-se e esvaziaram alguns partidos".

"Fizeram as piores alianças imagináveis; até ao regime do apartheid que oprimia os africanos a oposição angolana teve o descaramento de se aliar, mas não venceram", vincou o líder do MPLA.

«Fora buscar os líderes de outros partidos para derrubarem o MPLA, não conseguiram legalizar a tal Frente Patriótica Unida (FPU) e foram buscar um líder «Abel Chivukuvuku» que não conseguiu legalizar o partido, líder este que saiu «da UNITA» de um partido onde não poderia ter saído de lá».

Notou que, mesmo fazendo recurso a alianças inimagináveis, a oposição não conseguiu derrubar o MPLA pela força das armas, durante 27 anos consecutivos, nem pela via eleitoral.

Adalberto Costa Júnior está a fazer viagens ao estrangeiro para aprender a fazer truques de ilusionismo para  transformar o Galo Negro em Galo Branco, disse o líder do MPLA.

«Ao longo dos anos nós tínhamos na nossa mira um Galo Negro, agora temos um o Galo Branco, o Galo Negro desapareceu eles podem ser ilusionistas parece que as viagens que estão a fazer lá no estrangeiro é para aprender a fazer ilusionismo».

«Vamos comemorar mesmo assim comendo uma boa cabidela de galinha não importa se as penas do galo são brancas ou pretas ninguém comem as pernas as pernas vão para o lixo, bom apetite para a cabidela no dia 24 de agosto», disse o político.

Exortou, na ocasião, os militantes e simpatizantes para um trabalho árduo, a fim de garantir a vitória do partido nas eleições de 24 de Agosto.

Rate this item
(0 votes)