Sábado, 08 de Agosto de 2020
Follow Us

Sexta, 10 Julho 2020 14:20

Povo Khoisan quer representante no parlamento angolano

Cerca de duzentas famílias, pertencentes às comunidades Khoisan, na província do Cuando Cubango, manifestaram a necessidade de ter um representante na Assembleia Nacional, no âmbito da reinserção das actividades produtivas.

Composta por 36 comunidades, a etnia San, residente na localidade do Umbundu, a 95 quilômetros da cidade de Menongue, pratica actividades nómadas entre a caça, pesca e cultivo dos campos, facto que terá envolvido o Governo provincial num trabalho conjunto com algumas associações filantrópicas, no sentido de inseri-los nalgumas actividades produtivas.

De acordo com o governador provincial do Cuando Cubango, Julio Bessa, os trabalhos que têm vindo a ser desenvolvidos junto das organizações humanitárias, visam inverter o actual quadro de que vive esta etnia.

Segundo esclareceu Julio Bessa, estas comunidades têm estado a necessitar de espaços para o cultivo, aonde possam também erguer as suas aldeias, situação que para o governante parece favorável, numa altura em que a província pretende aglomerar as populações.

Para António Cassanga, um dos professores naquela localidade, há uma grande necessidade de os meninos serem enquadrados no sistema de ensino, pois são poucos da etnia San, a frequentar a instituição de ensino, apelando aos pais para que dêem esta liberdade aos filhos porque num futuro próximo as comunidades querem um San que as represente na Assembleia Nacional.

Relativamente à área da saúde, a localidade conta com inúmeras centros hospitalares para atendimento adequado às populações, e, um número considerável de parteiras tradicionais, anteriormente formadas na matéria, exercendo activamente a sua profissão.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up