Sábado, 08 de Mai de 2021
Follow Us

Quarta, 10 Fevereiro 2021 13:44

Preço do dólar no mercado informal em Luanda sofre terceira queda consecutiva

Em comparação com as últimas duas semanas, os preços praticados no mercado informal de Luanda registaram novas alterações, em que o dólar norte-americano sofreu outra queda ligeira, numa altura em que o euro também teve uma redução considerável.

Numa efectuada por este informativo, no início de Fevereiro corrente, o preço do dólar, nas principais ruas da cidade capital angolana, Luanda, cujas alterações se têm verificado frequentemente, teve o registo de outra queda, embora inferior a do fim de Janeiro último.

De acordo com o mesmo levantamento de dados, que Angola24Horas efectuou, a 03 de Fevereiro, sobre as moedas estrangeiras, suas operações e cotações, o dólar norte-americano sofreu uma queda de -0,33%, ao passo que o euro aumentou uma percentagem de +2,010,72%.

Esta semana, as alterações constatadas podem, de certo modo, satisfazer os compradores, por um lado e, por outro torna cada dia difícil a vida dos poucos comerciantes que se encontram, por esta altura nos principais mercados do referido negócio.

Durante a busca de dados, a nota de 1 dólar nas Ingombotas está fixada para a compra, no valor de 740,00 Kwanzas e 760,00 Kwanzas para a venda, a mesma nota do euro, está entre 845,00 e 860,00 Kwanzas para a compra e 880,00 Kwanzas para a venda.

Na Vila Alice e Cassequel, o dólar norte-americano compra-se no valor mais baixo, 730,00/735,00 Kwanzas a ser vendida por 760,00 Kwanzas, o euro está fixado nos 865,00 Kwanzas para a venda.

Já na Maianga, centro de cidade, a nota de 1 dólar está fixado nos 760,00 Kwanzas para a venda e 740,00 para a compra, o euro compra-se no valor 860,  a ser vendida entre 880,00 e 890 Kwanzas respectivamente.

Quanto às cotações mais baixas de venda, para o Dólar norte-americano foi de 750 Kwanzas e o Euro 865,00 Kwanzas, nas últimas 24 horas.

Bancos Comerciais

O Banco Yetu está a vender hoje, no mercado cambial, o dólar e o euro com as taxas mais atractivas. Para o dólar, o banco está a cobrar 654,859 kwanzas, enquanto que o euro está fixado nos 788,836.

As piores taxas de oferta do dia estão a ser praticadas pelos bancos Standard Bank Angola, que cobra 669,866 kwanzas por cada nota de um dólar e o de Investimento Rural (BIR), onde a moeda europeia está a ser vendida a 823,655. Segundo a tabela do Banco Nacional de Angola (BNA), a taxa média apurada na sessão diária foi de 663,641 kwanzas para o dólar e 804,197 para o euro.

No somatório dos 24 bancos licenciados a operacionalizar no mercado cambial, sete venderam o dólar abaixo da taxa média e outros 17 estiveram acima daquela referência.

Já no euro, 12 bancos venderam abaixo da taxa média e iguais outros 12 bancos fixaram uma taxa acima da referência, conforme publicado pelo banco central. No agregado, os três bancos com taxas mais atractivas na venda do dólar foram Yetu (654,859), Finibanco (655,000) e VTB (658,101). Os piores foram Standard Bank (669,866), Banco Comercial do Huambo (667,849) e  Standard Chartered Bank de Angola (667,849).

Para o euro, os três mais atractivos foram Yetu (788,836), Banco Crédito do Sul (793,526) e o Banco da China Limitada (796,647). Os menos atractivos listados do top 3 foram Banco de Investimento Rural (823,655), Banco de Co-mércio e Indústria (823,539) e Banco Comercial Angolano (810,951). Nos últimos dias, agências de análise dos mercados e pesquisas jornalistícas confirmaram as indicações do BNA sobre a valorização da Kwanza ante as outras moedas com curso legal no mercado angolano. O diferencial com o câmbio informal está cada vez mais reduzido.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up