Sexta, 21 de Junho de 2024
Follow Us

Sábado, 17 Junho 2023 16:20

João Lourenço reafirma inauguração do Novo Aeroporto Internacional de Luanda até final do ano

O novo Aeroporto Internacional de Luanda será inaugurado até ao final deste ano (2023), reafirmou hoje, sábado, o Presidente da República, João Lourenço, após uma visita de constatação às obras do empreendimento, a segunda neste ano.

“Eu confirmo que houve avanços e, em princípio, mantemos a data para a inauguração”, afirmou o Chefe de Estado angolano em declarações à imprensa no final da visita, onde recebeu informações sobre o andamento dos trabalhos que se encontram na reta final.

O novo Aeroporto Internacional de Luanda “baptizado”por Dr. António Agostinho Neto, primeiro Presidente de Angola, localizado na zona do Bom Jesus, município de Icolo e Bengo, em Luanda, ocupa uma área de 1.324 hectares e terá capacidade para 15 milhões de passageiros e um volume de mercadorias de 50 mil toneladas por ano.

João Lourenço disse que recebeu informações do empreiteiro da obra que “o trabalho está em curso e, a seu devido tempo, teremos novidades boas”.

A obra orçada em USD 1,4 mil milhões está a cargo da empresa estatal chinesa Aviation Industry Corp of China (AVIC).

João Lourenço afirmou que, nesta sua visita, a última antes da inauguração “deu para desbloquear um constrangimento, que não especificou.

“O valor das visitas no terreno é precisamente este. Às vezes dá-nos oportunidade de tomar decisões no terreno que acabam por ser sempre mais eficazes do que aguardar por uma reunião”, exprimiu.

Em Março do corrente ano, aquando da sua última deslocação às instalações do novo Aeroporto Dr. António Agostinho Neto, o Chefe de Estado havia afirmado que a importante infra-estrutura seria inaugurado em Dezembro de 2023.

O empreendimento possui duas pistas duplas e está dimensionado para receber, entre outras, aeronaves do tipo B747 e A380, actualmente o maior avião comercial.

A pista sul, a maior do aeroporto, tem quatro mil metros por 60 de largura, e recebeu, em Junho de 2022, o primeiro voo experimental de uma aeronave do tipo Boeing 777 da companhia de bandeira nacional TAAG.

O projecto do aeroporto contempla a construção de uma cidade aeroportuária que cobrirá uma área de 75 quilómetros quadrados.

Obras de acesso ao novo aeroporto terminam em Outubro

As obras de acesso ao Novo Aeroporto Internacional de Luanda (NAIL), Dr António Agostinho Neto, decorrem dentro dos prazos determinados e têm o seu termino previsto para o mês de Outubro, deste ano, garantiu este sábado, o ministro das Obras Públicas, Urbanismo e Habitação, Carlos dos Santos.

De acordo com o governante, os serviços de intervenção no pavimento, no sistema de drenagem, na iluminação pública e na construção de baias dos principais acessos do NAIL estão na sua fase de conclusão.

O ministro avançou que, ao longo da Estrada Nacional 230 (EN-230), foram construídas várias baias, para evitar que os automobilistas parem no eixo principal da via, facto que reduzirá as eventuais situações de trânsito lento, que se verifica actualmente.

Igualmente na EN-230 e na Avenida Fidel de Castro, os trabalhos de melhorias no pavimento, no sistema de drenagem e na iluminação pública estão na recta final.

De igual modo, o dirigente que falava à imprensa, à margem da visita do Presidente João Lourenço ao novo aeroporto de Luanda, disse que a nível da EN-100 e da Avenida Kimakienda, as intervenções de melhoramento do tráfego decorrem sem sobressaltos, e dentro dos marcos.

Igualmente na estrada nacional 230, no acesso ao novo aeroporto, existem obras como o viaduto que terão os trabalhos terminados até Outubro deste ano, enquanto na Avenida Fidel de Castro está a ser reparado o pavimento, o sistema de drenagem e a iluminação pública.

A nível da Avenida Kimakienda estão a ser feitas as mesmas intervenções para melhorar o tráfego, bem como na estrada nacional 100, que são as medidas a curto prazo.

A médio prazo, o Governo pretende fazer um acesso directo a partir da Avenida Pedro de Castro Van-duném Loy, passando pelo Kimbango, atravessando a zona da Suave, saindo na estrada nacional 230, com ligação a Fidel de Castro.

“Estes trabalhos vão efectivamente melhorar os acessos para o novo Aeroporto Internacional de Luanda, quer seja por via rodoviária, como ferroviária”, asseverou o responsável.

Neste sentido, o ministro das Obras Públicas, Urbanismo e Habitação avançou que, em 2024, serão construídas duas vias alternativas de acessos (entrada e saída) do distrito do Zango.

Paralelamente a esta iniciativa, o troço da centralidade Zango 8 mil vai se estender e ligar a EN-230 e cruzar com a via expressa.

Carlos dos Santos avançou igualmente que as pedonais de Luanda merecerão intervenções, nos próximos tempos.  

Por sua vez, o ministro dos Transporte, Ricardo D´Abreu, referiu que a construção e os acessos ao novo aeroporto estarão concluídos por altura na sua inauguração.

Sobre a certificação, Ricardo D ´Abreu disse que o processo percorre os seus trâmites normais, passando pelas diferentes etapas para a sua conclusão, não existindo razões de preocupação.

O ministro referiu que, numa primeira fase, o aeroporto vai receber uma certificação provisória, acto normal e, posteriormente, a fase definitiva, sendo que este procedimento não cria qualquer limitação operacional, pois constituem acções inerentes ao processo de certificação aeroportuário.

“O Executivo angolano vai colocar à disposição dos passageiros uma infraestrutura de nível mundial, moderna, tecnologicamente avançada, com um processo de digitalização do sistema da aviação civil a nível de todos os serviços, quer para os profissionais, como para a ajuda à navegação e a aeronáutica”, asseverou. 

Segundo o Ricardo D´Abreu, existem outras iniciativas em curso, como o processo de transferência de empreitada para a operação, onde a equipa afim já está recepcionar os meios funcionais do aeroporto para a fase operacional.

O Novo Aeroporto Internacional de Luanda possui duas pistas duplas e está dimensionado para receber, entre outras, aeronaves do tipo B747 e A380, actualmente o maior avião comercial.

A pista sul, a maior do aeroporto, tem quatro mil metros por 60 de largura, e recebeu, em Junho de 2022, o primeiro voo experimental de uma aeronave do tipo Boeing 777 da companhia de bandeira nacional TAAG.

O projecto do aeroporto contempla a construção de uma cidade aeroportuária que cobrirá uma área de 75 quilómetros quadrados. 

Rate this item
(0 votes)