Quarta, 22 de Setembro de 2021
Follow Us
Rate this item
(0 votes)

Num post que fiz ontem sobre a violência contra os jornalistas, duvidei que o SJA se fosse pronunciar contra. Logo depois vi um post do Teixeira Cândido condenando inequivocamente a agressão; em função disso retirei a alusão a essa dúvida, mas não enderecei um pedido explícito de desculpas.

Rate this item
(0 votes)

O Sindicato dos Jornalistas de Angola (SJA) repudiou hoje as ameaças contra jornalistas dos canais públicos TPA e TV Zimbo que tentavam cobrir uma marcha da UNITA e disse que estes não são responsáveis pelo posicionamento dos seus órgãos.

Rate this item
(0 votes)

O jornalismo público da TV ZIMBO é feito com regras universalmente aceites, logo com liberdade de expressão e em nome da liberdade de imprensa consagrada na nossa Constituição, a nota de protesto que Angola24Horas teve acesso.

Rate this item
(1 Vote)

A jornalista angolana, Maria Luísa Rogério considerou que, segundo várias informações a UNITA, ou seja, militantes da UNITA agrediram jornalistas em Luanda, o que seguida, viralizou nas redes a foto de um jornalista agredido, na mesma altura em que uma pesquisa básica atestou que a imagem foi manipulada.

Rate this item
(0 votes)

O Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social (MINTTICS), diz ter acompanhado com profunda preocupação os actos de agressão e intimidação a que foram sujeitas as equipas de reportagem da Televisão Pública de Angola e da TV ZIMBO durante a cobertura da manifestação convocada hoje pelo partido político UNITA.

Rate this item
(1 Vote)

O Serviço de Investigação Criminal torna público que contrariamente a informação inicialmente difundida sobre a morte do agente de Investigação Criminal, António Venceslau Cortesão Guipsis, efectivo do SIC-Zaire, até então colocado no Departamento de Investigação Criminal do Município do Soyo, vítima de disparo de arma de fogo, não foi morto por marginais.

Rate this item
(1 Vote)

Centenas de estudantes universitários, bolseiros internos sob gestão do INAGBE, fizeram um abaixo assinado no início desta semana, em cujo documento, também, enviado para Angola24Horas, exigiam o pagamento do dinheiro pela entidade responsável, ao mesmo tempo que denunciavam má gestão do órgão.

Página 3 de 822

Log in or Sign up