Segunda, 22 de Abril de 2024
Follow Us

Terça, 21 Fevereiro 2023 10:33

Marinha de Guerra Angolana investe mil milhões de euros em corvetas

A Marinha de Guerra Angolana vai investir mil milhões de euros na construção de uma frota de corvetas com 71 metros de comprimento, anunciou o conglomerado militar estatal dos Emirados Árabes Unidos EDGE Group.

Num comunicado divulgado na segunda-feira, o grupo disse que as corvetas BR71 MKII serão equipas com um radar a três dimensões, comunicações seguras, um canhão principal e sistemas de mísseis que podem abater alvo tanto na água como no ar.

Os navios serão construídos pela Abu Dhabi Ship Building (ADBS), uma subsidiária do EDGE Group, num estaleiro com uma área de 330 mil metros quadrados situado na capital dos Emirados Árabes Unidos, referiu-se no comunicado.

O presidente executivo da ADBS, David Massey, disse no comunicado que a corveta BR71 MKII é “capaz de realizar múltiplos tipos de missões para proteger a costa de 1.600 quilómetros de Angola”.

“Estamos ansiosos para cumprir os requisitos operacionais da Marinha de Guerra Angolana e fortalecer as suas capacidades navais”, acrescentou Massey.

A assinatura do contrato é “uma conquista importante” para o EDGE Group e vai ao encontro das ambições do Governo dos Emirados Árabes Unidos, disse o diretor do conglomerado para Plataformas e Sistemas, Khalid Al Breiki.

No comunicado lembra-se que o país, cuja economia é ainda dependente da exploração de petróleo e gás natural, quer “aumentar as exportações” e posicionar-se “como uma potência global a levar em conta nos setores de tecnologia avançada e defesa”.

O Ministério das Finanças angolano anunciou em janeiro a assinatura de dois acordos de financiamento de 122,6 milhões de dólares (118,2 milhões de euros) com a Agência de Crédito à Exportação de Abu Dhabi (ADEX), no emirado.

O primeiro acordo vai financiar o projeto para adquirir uma Plataforma Analítica, Centro de Dados principal, Centro de Dados de Backup e a Plataforma Nacional de Nuvem, no montante de 89 milhões de dólares (85,8 milhões de euros).

O segundo acordo visa o reforço e manutenção da iluminação pública das cidades de Luanda, Malanje, Ndalatando e Uíje, no montante global de 33,6 milhões de dólares (32,4 milhões de euros).

O Presidente angolano, João Lourenço, visitou Abu Dhabi em maio de 2022, tendo-se encontrado com o novo Presidente dos Emirados Árabes Unidos, Mohamed bin Zayed Al Nahyan.

Em março de 2022, a secretária de Estado para as Relações Exteriores de Angola, Esmeralda Mendonça, tinha prometido trabalhar com outros países para combater a pirataria, apontando ainda o prejuízo da pesca ilegal para a economia angolana.

Rate this item
(0 votes)