Quarta, 28 de Setembro de 2022
Follow Us

Terça, 12 Julho 2022 12:39

Ministério das Finanças autoriza pagamento do salário de Agosto até ao dia 17

O Ministério das Finanças, através da Direcção Nacional do Orçamento do Estado (DNOE), divulgou, nesta segunda-feira 11 de Julho, uma nota em que estão autorizados os gestores das unidades orçamentais do Estado, a antecipar pagamento do salário de Agosto até ao dia 17 do mesmo mês.

A referida orientação, segundo consta, deve-se ao facto de a DNOE ter de proceder a uma acção de manutenção no Sistema Integrado de Gestão Financeira do Estado (SIGFE), a fim de melhorar o desempenho do mesmo, de 26 a 30 de Agosto.

De acordo ainda com o documento da DNOE do Ministério das Finanças, distribuído à imprensa, este posicionamento vem também na sequência dos constrangimentos verificados na operacionalização do sistema no período de processamento salarial.

Assim sendo, será antecipado o processamento salarial do mês de Agosto, conforme calendário adoptado e de cumprimento escrupuloso.

O mesmo calendário de processamento salarial de Agosto de 2022, refira-se, tem num primeiro momento a fase da folha, cuja data inicial é agora 17 de Julho e a data final de movimento vai até 5 de Agosto.

Já para o momento a seguir que é o do processamento, o mesmo decorre a 8 de Agosto, seguindo-se a fase de correcção, que vai de 9 a 16 de Agosto, período em que é feita também a aceitação da informação tratada, para até 17, conforme estipulado, decorra o pagamento efectivo nas unidades públicas e sector empresarial do Estado.

Citado pelo Mercado, o economista Augustio Fernandes, explicou que, regra geral, o cronograma/calendário de salários tem começado no dia 15 de cada mês e a última fase que é o pagamento acontece de 20 a 30 de cada mês.

Acrescentou que neste caso especial, por conta da manutenção do SIGFE, o processamento do salário referente ao mês de Agosto 2022, irá começar no dia 17 de Julho e no dia 17 de Agosto os salários referente ao mês de Agosto estarão disponíveis nas contas dos funcionários públicos prontos para serem pagos.

Rate this item
(0 votes)