Terça, 24 de Mai de 2022
Follow Us

Sábado, 07 Mai 2022 17:22

Africell diz ter ganho 2 milhões de assinantes angolanos num mês

Investidores americanos dizem haver um melhor ambiente de negócios agora, em oposição ao tempo de José Eduardo dos Santos

A operadora de rede móvel norte-americana Africell, a primeira operadora totalmente estrangeira licenciada para fornecer serviços móveis em Angola, adquiriu dois milhões de assinantes em apenas um mês, disse sexta-feira, a sub-secretária de Estado americana, Wendy Sherman.

A empresa entrou em operação em Angola em 7 de Abril para se juntar a outras três empresas de telefonia móvel que já operam no país.

"Esta é uma empresa que está no mercado há um mês e tem dois milhões de assinantes", disse Wendy Sherman num briefing online ao encerrar uma viagem de três países à África para Angola, Gabão e África do Sul.

O director não executivo da Africell, Peter Pham, disse à AFP no ano passado que a empresa iria abalar o "ambiente de negócios excessivamente aconchegante".

O mercado de telecomunicações de Angola era dominado pela Unitel, uma operadora privada que anteriormente era liderada pela filha do antigo Presidente angolano, Isabel dos Santos.

O Presidente João Lourenço - que assumiu o cargo em 2017 e enfrenta uma eleição em Agosto - tem como bandeira do seu governo recuperar Angola de 37 anos de corrupção e nepotismo sob seu antecessor, José Eduardo dos Santos.

As empresas americanas que operam em Angola falaram muito bem do novo clima favorável ao investimento na economia rica em petróleo, disse Sherman.

"Ainda há questões a serem trabalhadas, mas eles viram uma mudança que é positiva, vêem agora oportunidades que não existiam antes e sentem-se mais confiantes" para investir em Angola.

Os negócios no país eram anteriormente dominados pela família e amigos do ex-Presidente dos Santos. VOA

Rate this item
(0 votes)