Sexta, 22 de Janeiro de 2021
Follow Us

Sexta, 25 Setembro 2020 17:42

Desemprego leva jovens à rua para manifestação sábado em Luanda

Várias associações juvenis políticas e sociais realizam Sábado, 25 de Setembro, uma manifestação de rua em Luanda, às 10:00, para protestar contra o desemprego que abrange 58% da juventude, segundo o Instituto Nacional de Estatística.

"As condições estão acordadas para esta manifestação pacifica que vai mobilizar vários extratos da sociedade civil", disse ao Novo Jornal um dos porta-vozes da manifestação, Domingos Palanca, da Juventude Unida Revolucionária de Angola da UNITA, (JURA).

Os manifestantes, que estão concentrados no Largo da Independência, segundo este membro da comissão organizadora, "vão exigir ao Presidente João Lourenço que cumpra a promessa eleitoral de criar 500 mil empregos".

"Nos últimos dois anos, os jovens de vários extratos sociais e políticos saem constantemente à rua porque o desemprego é um fator de instabilidade social que está causando muitas consequências nefastas no seio da juventude", acrescentou.

O secretário da juventude provincial da JFNLA Kiaku Samuel Kiala lamentou que o desemprego tenha atingidono País uma taxa que deve merecer a atenção permanente das autoridades, para que não surjam na sociedade outros machos, como a criminalidade.

"A situação é preocupante. O Executivo deve encontrar soluções para resolver o problema do desemprego", afirmou.

Reagindo às declarações destes dois líderes juvenis da escolha, o membro da JMPLA braço juvenil do partido no poder, António Rosário Zua, que não estão presentes na marcha, disse que o Executivo tem vindo a criar políticas para inserir a juventude no mercado de trabalho.

"Atravessamos um ambiente de grave crise econômica e financeira. O Estado tem recursos incluídos para oferecer recursos, é importante que os jovens enveredem por criar, eles próprios, fontes de rendimento, fazendo recurso aos conhecimentos adquiridos no ensino médio ou superior", adicionado .

Desde que o Presidente da República, João Lourenço, subiu ao poder em Setembro de 2017, este é a quarta manifestação, onde a juventude exige o cumprimento das promessas eleitorais no que diz respeito ao desemprego ao. NJ

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up