Quinta, 29 de Outubro de 2020
Follow Us

Domingo, 20 Setembro 2020 11:03

DSTV terá sido pressionada outra vez pelo regime para retirar a SIC Notícias

A SIC Notícias prepara-se uma vez mais para "desaparecer" da circulação, por força de uma decisão alegadamente comercial da DSTV, quando suspeitas inclinam-se para possível pressão, pela segunda vez, por ordens superiores.

"Como tenho o direito de desconfiar, até provas em contrário, não acredito que a justificação deste corte seja comercial. Não acredito mesmo.

Como não acreditei no passado", diz jornalista Reginaldo Silva.

Nesta altura a SIC Notícias representa claramente uma vantagem competitiva da DSTV, em relação à sua concorrente local que é a ZAP, que deixou de ter aquela emissora no seu pacote em 2016, por razões que oficialmente também foram apresentadas como comercias, tendo sido recebidas por este com a mesma incredulidade.

Reginaldo avança ainda que na mesma altura e uns meses depois, recorde-se, a SIC Notícias também desapareceu da DSTV, num processo estranho que punha em causa toda a lógica da concorrência numa economia livre do mercado.

"Hoje sabemos que a DSTV foi pressionada ao mais alto nível a retirar a SIC Notícias, sendo demasiado evidentes, as motivações em vésperas das eleições de 2017 e sobretudo depois daquela reportagem sobre o assalto ao castelo, onde os milhões de Angola se passeavam pelo Dubai na maior das calmas" salientou.

Sobre estas pressões sofridas pela DSTV, este faz saber a que ninguém o pedisse provas porque alega não as ter, mas também acrescentando ter o direito de proteger as suas fontes.

"Depois das eleições de 2017, a SIC Notícias voltou ao nosso convívio pela DSTV, tendo este regresso sido encarado como um sinal de abertura do "novo regime", liderado por João Lourenço. O que se estará a passar desta vez com a nova morte anunciada da SIC Notícias pela DSTV?", questiona.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up