Terça, 16 de Julho de 2024
Follow Us

Terça, 28 Janeiro 2020 15:58

Isabel dos Santos contrata advogados de Ronaldo no caso contra jornalistas

No mesmo dia em que Rui Pinto assume ser responsável pela fuga de informação que deu origem ao Luanda Leaks, a empresária angolana avança que vai processar o consórcio de jornalistas que divulgou o escândalo

A Schilling Partners tem uma carteira de clientes que junta nomes tão díspares como os de Cristiano Ronaldo, o casal Harry e Meghan Markle, a escritora J. K. Rowwling ou o ex-ciclista Lance Armstrong. E, a partir desta segunda-feira, 27, Isabel dos Santos. A empresária angolana, principal visada no caso “Luanda Leaks”, anunciou que vai avançar com processos judiciais contra o consórcio de jornalistas que partiu das informações recolhidas pelo hacker Rui Pinto para divulgar as operações que terão estado na origem do mega-império de 2,2 mil milhões de euros da filha do ex-presidente angolano José Eduardo dos Santos.

Na linha daquilo que o marido já tinha defendido – e que acabaria por ser confirmado pelo próprio Rui Pinto em comunicado divulgado pelos seus advogados –, Isabel dos Santos sublinha que os 715 mil documentos que estão na origem do “Luanda Leaks” foram “obtidos criminosamente através de hacking”. Tudo, acrescenta no twitter, para “criar uma falsa narrativa” à volta da sua ascensão empresarial.

As alegações que têm feito contra mim nos últimos dias são extremamente enganadoras e falsas. Trata-se de um muito concentrado, orquestrado e bem coordenado ataque político. Dei indicações a uma equipa de advogados para tomar providências contra as alegações e notícias incorretas e difamatórias - ISABEL DOS SANTOS

É a segunda revelação sobre o “Luanda Leaks” no mesmo dia. Horas antes, a dupla de advogados – que representa Rui Pinto no processo “Cyberduna”, em que o hacker é acusado de 90 crimes de extorsão, acesso ilegítimo, acesso indevido, sabotagem informática e violação de correspondência – tinha divulgado um comunicado em que Pinto assumia estar na origem dos documentos partilhados com a Plataforma de Proteção de Denunciantes em África e com o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação.

O hacker “assume a responsabilidade de ter entregue, no final de 2018, à Plataforma de Proteção de Denunciantes na África (PPLAAF), um disco rígido contendo todos os dados relacionados com as recentes revelações sobre a fortuna de Isabel DOS SANTOS, sua família e todos os indivíduos que podem estar envolvidos nas operações fraudulentas cometidas à custa do Estado angolano e, eventualmente, de outros países estrangeiros”, refere o documento. No comunicado, defende-se ainda que “está feita a prova de que, sem as imensas revelações de Luanda Leaks, tornadas possíveis graças ao nosso cliente, as autoridades reguladoras, policiais e judiciais nada teriam feito”.

O escritório de CR7, Megan e J. K. Rowlling

Uma semana depois da vaga de informações detalhadas – algumas já anteriormente noticiadas – sobre a forma como Isabel dos Santos terá recorrido a fundos do Governo angolano para construir o seu império e como terá desviado largos milhões de euros de empresas públicas de Angola para contas suas, a empresária parte para o ataque. E, para isso, contratou o mesmo escritório a que figuras como Cristiano Ronaldo recorreu para se defender contra um caso ligado a …Rui Pinto.

No âmbito do Football Leaks – um escândalo no mundo do futebol que também partiu de documentos obtidos por Rui Pinto –, foram as informações obtidas pelo hacker de Gaia em computadores de escritórios de advogados, sociedades desportivas e outras instituições que levaram a Justiça norte-americana a reabrir o caso contra o internacional português pela alegada violação à modelo Kathryn Mayorga. Ronaldo contratou a sociedade norte-americana Schillings Partners para representá-lo nesse processo.

No caso de Harry e Meghan Markle, a ex-duquesa Sussex (que abdicou recentemente do título juntamente com Harry) recorreu à sociedade de advogados num caso que moveu contra os papparazzi que venderam fotos suas e do filho do casal Archie numa caminhada no Canadá. As imagens foram publicadas em vários jornais britânicos, o que levou o casal a avançar com uma acusação de “perseguição”.

Na lista de clientes da Schillings Partners constam ainda os nomes da autora de Harry Potter e o ex-ciclista Lance Armstrong. VISAO

Rate this item
(3 votes)