Sexta, 14 de Junho de 2024
Follow Us

Quinta, 16 Mai 2024 18:21

João Lourenço quer Sonangol a produzir mais petróleo e gás e a olhar para outras energias

O Presidente angolano, João Lourenço, disse hoje que a Sonangol deve ter a ambição de aumentar a produção de petróleo e de gás, mas também de olhar para outras fontes de energia como as suas congéneres internacionais.

João Lourenço, que falava na tomada de posse do conselho de administração da petrolífera estatal angolana, reconduzido na sua quase totalidade após final do mandato de cinco anos, quer que a administração da Sonangol trabalhe no aumento da produção de petróleo, em particular do gás, num momento em que o país deixou de ser membro da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo).

“Foi constituído um novo consórcio do gás, foram feitas alterações à legislação para incentivar a produção do gás, no sentido de ver se Angola deixa de ser apenas um grande produtor e exportador de petróleo mas, se possível, de preferência, um grande produtor e exportador de gás natural”, exortou o chefe do executivo angolano.

Apontou ainda as “importantes infraestruturas do setor” que estão em fase de construção, como a Refinaria do Lobito e o Terminal Oceânico da Barra do Dande, pedindo que sejam concluídas “em tempo útil”.

“Esperamos muito deste Conselho; que tenha também a ambição de começar a olhar para outras fontes de produção de energia, a exemplo do que outras empresas congéneres já fizeram”, disse ainda João Lourenço aos administradores da Sonangol, salientando “que o mundo clama por novas fontes de produção de energia”.

“Vocês já estão no ramo, é uma questão de criar mais um braço que possa, então, passar a atender a esta necessidade premente de diversificarmos as fontes de produção de energia.”, reforçou o presidente angolano.

Rate this item
(0 votes)