Terça, 23 de Abril de 2024
Follow Us

Quinta, 30 Março 2023 20:12

Secretário da JURA centraliza foco na mobilização da juventude à alternância do poder

Manuel Armando da Costa Ekuikui, eleito, recentemente, ao cargo de secretário-geral da JURA, braço juvenil da UNITA, afirmou, em entrevista exclusiva a OPAÍS, que a juventude actual tem a obrigação de levar o seu partido ao poder, no decurso das próximas

Não estando a UNITA no poder, o secretário-geral da JURA disse entender, que a juventude actual tem a obrigação de levá-la ao poder. "É nossa missão fazer a alternância do poder", perspectivou com optimismo que este desiderato venha ocorrer.

Nelito Ekuikui assegurou que candidatou-se por vontade própria, sendo uma ambição que já carregava há muitos anos. Aliás, recordou que, em 2018, concorreu para o mesmo cargo, refutando informações segundo as quais, teria sido "empurrado" pelos mais velhos do seu partido para ocupar a posição.

"Venho de uma eleição com resultado expressivo apoiado pelos militantes da JURA", reforçou o ainda secretário provincial da UNITA em Luanda, que garante que deixará "uma Luanda vencedora, organizada e motivada".

"Estou bem posicionado em termos de cargo, vou deixar de pensar Luanda e pensar o país", por essa razão, considera que ascendeu de funções e tem agora mais responsabilidades com a juventude de todo o país.

Quanto ao seu substituto no cargo de secretário provincial de Luanda, disse ser competência do presidente do partido nomear, pelo que, não há ainda um nome que se possa avançar.

Na visão do novo secretário-geral da JURA, a direcção que o antecedeu fez o seu trabalho num outro contexto e a sua tem outros desafios que são inúmeros.

Desafios

O primeiro desafio, segundo disse, é fazer da JURA um modelo para os jovens e torná-la a maior organização juvenil do país. Ir atrás da moralização da juventude, trazer os carris do patriotismo, cultivar o amor ao país, são entre outros alguns dos desafios.

Para Nelito Ekuikui, cada geração tem de identificar os desafios do seu tempo. Na sua perspectiva, o desafio da nova geração é a erradicação do analfabetismo, da pobreza e de outros males que enfermam os jovens.

Plano de acção

Depois da sua eleição a 18 de Março do corrente ano, já teve uma reunião com alguns membros do Comité Nacional da JURA para traçar as acções dos primeiros 100 dias.

No entanto, Nelito Ekuikui recusou apresentar o plano de acção do seu mandato, por uma questão de estratégia, garantindo apenas que a primeira actividade terá de ser impactante e deverá acontecer no Norte do país, propriamente, na província do Zaire, onde precisamente iniciou a sua campanha eleitoral.

"Foi em Mbanza CKngo onde comecei a minha campanha, foi lá onde começou a vitória, ag vou lá para agradecer", justificou. O novo secretário-geral da JURA ainda não formou a direcção mas garante que o fará brevemente, sem avançar data. Questionado se o candidato derrotado, João Lukombo, fará parte da sua direcção, preferiu não comentar.

JURA vs JMPLA

Todavia, o responsável da juventude da UNITA revelou que nunca teve relações de proximidade com o secretário nacional da JMPLA, mas agora terão de conviver. "É uma obrigação partilhar os anseios da juventude, sempre que for possível uma sentada se houver abertura do outro lado", admitiu. Acrescentou que as partes defendem aspectos diferentes, a JMPLA, a manutenção do poder e a JURA a alternância. "Há aqui choques de interesses e, por isso, a relação não pode ser de amizade, é uma relação de respeito apenas". De recordar que Nelito Ekuikui foi eleito com 79,82% dos votos, tendo João Lukombo, o outro concorrente conseguido 19,82 % dos votos, durante o V congresso da organização, que decorreu sob lema "JURA inovar e mobilizar para vence. OPAÍS

Rate this item
(1 Vote)