Terça, 28 de Junho de 2022
Follow Us

Sábado, 20 Novembro 2021 16:16

Deputado Sampaio Mucanda apela Archer Mangueira a fornecer dados reais ao PR

O deputado à Assembleia Nacional, Sampaio Mucanda, residente em Moçâmedes, disse que aquela cidade da província do Namibe, encontra-se em maquilhagem, devido a visita do Presidente da República, João Lourenço, este sábado, 20 de Novembro.

De acordo com a denúncia, logo que o Governo Provincial do Namibe tomou conhecimento da deslocação do PR, começou-se com a reabilitação urgente das obras de lugares tidos como cartão postal da cidade de Moçâmedes, suposta terra da felicidade.

As estradas foram asfaltadas num abrir e fechar de olho, segundo disse, a areia foi removida do asfalto, as estradas foram lavadas, o busto de Agostinho Neto foi colocado numa posição para agradar os chefes que vêm de Luanda de vôo descendo no aeroporto "Welwitschia Mirábilis" em detrimento da entrada da cidade de Moçâmedes saindo da província da Huíla. "Infelizmente temos governantes que preferem a agradar o PR do que o povo".

Por outra, as casas à beira das estradas principais, onde o PR, possivelmente, poderá passar foram pintadas com cores a critério do Governo Provincial com ou sem anuência do proprietário da residência, havendo ainda um intenso trabalho de limpeza às ruas, e jardins que terão sido remodelados para recepcionar o visitante, aliás, até a residência oficial do Governador Archer Mangueira também foi contemplada com uma nova pintura.

Após o anúncio da visita do PR, o Governo Provincial contratou, urgentemente, empresas de construção civil, que trabalharam 24/24 horas para maquilhar a cidade de Moçâmedes para impressionar o Chefe do Estado.

"As obras de reabilitação da imponente infraestrutura do complexo escolar Marítimo Hélder Neto, que o PR no seu discurso sobre o estado da Nação de 2019 dizia que já foi concluída e o activista Edson Kamalanga desmentiu de imediato o PR e infelizmente foi perseguido por ter desmascarado JLO, esta obra apenas foi concluída agora depois de 2 anos e segundo informações que tivemos acesso será inaugurada nesta visita do PR ao Namibe, porém as estradas que circundam a infraestrutura estão a ser asfaltadas neste momento conforme ilustram as imagens em anexo tiras ontem no período da tarde", denunciou.

Há vezes, realçou, dou razão ao músico e activista Bob Geldof nos seus pronunciamentos públicos, acerca dos governantes de Angola, pois, é absurdo uma cidade se beneficiar de obras para um exercício de cosmético e de polimento. "Haja responsabilidade, sentido de estado e patriótico no exercício da governação!", apelou.

Para o deputado, um país com uma governação séria, Fernando Miala, Chefe do SINFO, Francisco Furtado, Chefe da Casa de Segurança do PR e o Governador Archer Mangueira, seriam exonerados, severamente punidos e responsabilizados por ludibriarem o Chefe do Estado e do Executivo com uma realidade maquilhada.

Disse então ser essa governação teatral ou de espetáculo que induz sempre o PR ao erro, porque ele recebe relatórios muitas vezes com dados falsos e constata uma realidade manipulada.

"Já vimos e ouvimos o PR nos seus pronunciamentos sobre o estado da Nação a partilhar dados que não condizem com a realidade, tudo por causa desses falsos colaboradores do Chefe do Estado", referiu.

Felizmente, afirmou, os namibenses acordaram do sono, que o regime havia os submetido, quando em todos cantos da cidade os comentários são sobre as obras que estão a ser realizadas de dia para noite por causa da visita.

"Até mamãs zungueiras, os roboteiros também deram conta do teatro que o Governo Provincial está a fazer. Ontem de tarde a patrulha da Polícia Nacional estava recolher todos os malucos da cidade para serem acantonados em algures e só serão soltos após o regresso do PR à capital do País", relatou.

Recomendou ao Governador Archer Mangueira a fornecer dados reais ao PR, na reunião alargada que terá lugar nesta cidade, sem discurso prolixo, fastidioso e perda de tempo com a bajulação. "Haja pragmatismo na apresentação dos reais problemas da província, sobejamente conhecidos por todos namibenses", apelou.

Rate this item
(0 votes)