Quinta, 24 de Junho de 2021
Follow Us

Sexta, 11 Junho 2021 05:12

Jura minimiza saída de Nfuca Muzemba

O secretário-geral da Juventude Unida Revolucionária de Angola (Jura), Agostinho Camuanga, desvalorizou, nesta quinta-feira, em Luanda, o abandono da militância de Nfuca Muzemba na UNITA.

Em entrevista à TV Zimbo, Agostinho Camuanga declarou que Nfuca Muzemba passou por um período de suspensão de dois anos da organização, acusado de actos de corrupção, findo o qual abandonou o partido, em que militava desde 2007.

Sublinhou que Nfuca Muzemba deixou de comparecer às reuniões há oito anos, pelo que o partido não o considerava militante efectivo.

Nfuca Muzemba renunciou, nesta quinta-feira, a sua militância na UNITA. Em carta enviada à imprensa, o ex-deputado explicou que a decisão surge após um longo período de afastamento, originado por "sucessivos bloqueios internos".

Segundo o político, as razões da sua renúncia são "meramente pessoais", sublinhando que deixa aquela formação política sem qualquer tipo de mágoa e tristeza. Prometeu tomar uma decisão de abraçar um novo desafio brevemente.

Formado em Direito, Mfuca Muzemba nasceu em 1981, em Maquela do Zombo, província do Uíge. Foi o primeiro jovem de origem não ovimbundu a dirigir a organização juvenil da UNITA.

Tinha sido eleito secretário-geral da JURA, no congresso de 2010, e suspenso em Setembro de 2013, após um processo conturbado da direcção da organização juvenil da UNITA

Rate this item
(0 votes)

Log in or Sign up