Sábado, 10 de Abril de 2021
Follow Us

Sábado, 27 Fevereiro 2021 10:37

Os Embaixadores angolanos estão a violar a Constituição da República

A diplomacia é um dos instrumentos mais importantes dentro das estratégias políticas do governo de uma Nação, mas se tivéssemos de escolher ou decidir entre manter abertas as nossas instituições diplomáticas em vez de continuarmos com todas essas desordens dentro das nossas Embaixadas, seguramente o povo angolano diria que é melhor extinguir o MIREX por ser um Ministério praticamente inoperante, não há resultados e não há trabalho político-diplomático sério, os nossos funcionários diplomáticos são incapazes e mal formados.

Os diplomatas angolanos não respeitam a Constituição, é proibido a corrupção, mas eles fazem corrupção (sobrefacturações) o tempo todo, maltratam, ignoram e desprezam o próprio cidadão, e nem sequer ajudam às comunidades angolanas na diáspora, mas que tipo de diplomatas nós temos? Esse pessoal não entende nada de diplomacia.

 E agora muitos dos embaixadores angolanos decidiram cancelar os feriados dos trabalhadores, ou seja estão violando os direitos dos funcionários em usufruir dos feriados, alegando que isso ajudará a aumentar a dinâmica do funcionamento das Embaixadas, esse argumento irracional faz-me rir. Na qualidade de verdadeiro diplomata encaro isso como uma grande brincadeira, porque a boa organização de qualquer instituição diplomática passa através de mecanismos concretos e estratégias técno-diplomáticas eficazes, e isso por sua vez deve ser delineado desde o início num programa de mandato eficiente na qual o fim último é atrair investimentos para o País, ou congregar a própria comunidade, criar projectos de alto nível em vários âmbitos, tendo como objectivo desenvolver a Nação.

Estamos perante à Embaixadores que chegaram nessas funções por influências partidárias, por nepotismo e amiguismo, porque não é mesmo normal a gigantesca incompetência que esses nossos diplomatas demonstram. E os diplomatas no verdadeiro sentido da palavra não têm partidos, ou seja um diplomata representa o seu País no exterior, representa o povo, não representa o partido A, B ou C, por isso Eu digo sempre que sou Diplomata porque coloco o País em primeiro lugar, não apenas por isso, mas porque sou mesmo qualificado na matéria, mas esses nossos tristes diplomatas, confundem Embaixadas e Consulados com partidos políticos, por isso fazem até tribalismo com os próprios cidadãos dentro das nossas embaixadas. 

O MIREX sendo um dos Ministérios mais desorganizados do País, ainda não percebeu que os nossos incompetentes embaixadores estão violando a Constituição ao cancelar os feriados dos funcionários, porque o Artigo 76.° n.° 2 da Constituição da República disciplina o seguinte: “Todo o trabalhador tem direito à formação profissional, justa remuneração, descanso, férias, protecção, higiene e segurança no trabalho, nos termos da lei”.

Por isso eu digo sempre: um verdadeiro diplomata deve entender bem de Direito Constitucional para não ficar alheio às normas nacionais, e deve entender ainda melhor de Direito Internacional, para estar a par e passo das normativas e das regras internacionais, motivo pelo qual passei anos e anos estudando e me especializando em vários cursos diferentes como: Diplomacia; Direito Constitucional; Direito Internacional; Direito Administrativo; Economia internacional; Projectação; Comunicação político-diplomática; leis sobre investimentos internacionais, entre outras várias matérias úteis no campo diplomático, adquirindo inúmeros diplomas universitários e conhecimentos de alto nível, coisa que os nossos supostos diplomatas não fizeram e não conseguem fazer, se o fazem é de forma superficial, com excepção de um e outro que tentam levar a sério às funções diplomáticas.

Temos uma das piores diplomacias (se não a pior) do Mundo, conheço várias embaixadas africanas e europeias, também já estive em algumas embaixadas americanas, mas nunca vi tanta desordem como nas nossas embaixadas.

Temos vários funcionários estrangeiros nas nossas embaixadas e consulados, mesmo sabendo que muitos angolanos passam dificuldades nesses países, mas os nossos tristes embaixadores preferem empregar estrangeiros em vez do próprio cidadão, mais um motivo para que se mude a direcção central do MIREX, na verdade tanto esses quanto os anteriores dirigentes do MIREX nunca fizeram correctamente o seu trabalho, a nossa diplomacia é um fracasso total, não há seriedade.

Os Embaixadores Angolanos estão a violar a Constituição da República, fazem tudo à sua maneira e ninguém diz nada, fazem sobrefacturações e ninguém diz nada, estão cancelando o direito aos feriados por parte dos funcionários e ninguém diz nada, e há diplomatas que a sua Missão de trabalho já terminou mas se recusam a voltar ao País, mas isso o MIREX não sabe se sabe é mais um sinal de incompetência da sua parte, é sinal de que não há ninguém que possa pôr ordem no MIREX, e esses tristes diplomatas ainda continuam usando os passaportes diplomáticos, continuam usufruíndo dos carros diplomáticos mesmo tendo terminado a sua missão de serviço naqueles países.

Alguém precisa colocar ordem nisso, o MIREX está sem direcção e as sobrefacturações é o pão de cada dia dos embaixadores e dos diplomatas no geral, que mesmo tendo as residências protocolares compradas pelo Estado preferem viver em casas de aluguer tudo isso com intenção de sobrefacturar ainda mais, essa é a prática constante que os nossos tristes diplomatas fazem o tempo todo, já não têm cura.

O Presidente da República precisa fazer exonerações em Massa no MIREX e colocar outros mais sérios, competentes e qualificados, capazes de fazerem reformas pontuais no MIREX.

Eu e a Diplomacia a Diplomacia e Eu

Por Leonardo Quarenta – O Diplomata 

Ph.D em Direito Constitucional e Internacional

Mestrado em Relações Internacionais e Diplomacia

Master em Direitos Humanos e Competências Internacionais

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up