Sábado, 13 de Julho de 2024
Follow Us
Destaques

Destaques (191)

O relatório mundial sobre a liberdade de imprensa indica que a Angola subiu 21 posições para 104.º lugar no ranking da liberdade de imprensa dos lusófonos, passando da posição 125.º em 2023.

O Governo angolano está a preparar-se para, a curto prazo, aprovar o Salário Mínimo Nacional, "em conformidade com as deliberações que vierem a ser tomadas" no Conselho Nacional de Concertação Social, sem apontar uma data concreta.

O Corredor Ferroviário do Lobito, um projeto de infraestrutura crucial que se estende de Angola através da República Democrática do Congo (RDC) até à Zâmbia, está no centro de um cabo de guerra estratégico que envolve os interesses dos Estados Unidos nos minerais africanos.

O litro do gasóleo passa a custar 200 kwanzas a partir das zero hora de terça-feira, 23, um aumento de 48%, dando continuidade ao processo de remoção de subsídios aos combustíveis de acordo com um comunicado do Instituto Regulador dos Derivados do Petróleo divulgado hoje.

Lideranças aproveitaram a visita de Estado de João Lourenço para analisar as relações entre os dois partidos. Fontes diplomáticas asseguram que Xi Jinping usou a reunião partidária para confrontar João Lourenço “com dureza”.

O deputado angolano Nelito Ekuikui, que lidera a ala juvenil da UNITA, defende, em entrevista à Lusa, uma revisão constitucional que acabe com a eleição indireta do Presidente e permita candidaturas de listas independentes fora dos partidos políticos.

O Tribunal Constitucional (TC) de Angola declarou inconstitucionalidade do acórdão que condenou Valter Filipe da Silva, ex-governador do banco central e José Filomeno dos Santos “Zenu”, filho do ex-Presidente angolano por violação dos princípios da legalidade e do contraditório.

A UNITA considerou hoje que as acusações feitas ao partido pelo primeiro secretário do MPLA e governador da província do Cuanza Sul são a assunção de “roubo em grande escala” no Governo do MPLA.

Deu o primeiro sinal de estar em rota de colisão com a bancada parlamentar do partido do Galo Negro quando, em Outubro de 2022, posou, em foto de família, ao lado do Presidente da República, João Lourenço. Foi o único parlamentar da UNITA a dar o rosto no polémico retrato.

O economista Carlos Rosado de Carvalho disse hoje que há condições para aumentar os salários em Angola, salientando que os trabalhadores com salário mínimo perderam 40% do poder de compra desde 2017, quando João Lourenço se tornou Presidente.

Página 2 de 14