Sexta, 23 de Fevereiro de 2024
Follow Us
Destaque

Destaque (648)

A UNITA diz que desde a morte do seu líder fundador, Jonas Savimbi, a 22 de Fevereiro de 2002, Angola "está a ser amordaçado pela ditadura" do actual regime do MPLA.

Regras do Banco de Portugal dificultam emigrantes. Lei é de 2017, mas só agora os bancos estão a ‘apertar’. Há angolanos que usam ‘esquemas’ para conseguir movimentar contas e não estarem dependentes de amigos ou colegas de trabalho.

O empresário Rui Santos disse hoje que a escassez de divisas em Angola resulta do pagamento de dívidas externas, criadas ao abrigo de linhas de crédito bilaterais, considerando ser este “o grande problema”.

O presidente angolano, João Lourenço, exortou hoje o novo ministro da Juventude e Desportos, Rui Falcão, a começar a preparar a participação da seleção angolana de futebol na Taça das Nações Africanas de 2025, em Marrocos.

Sarju Raikundalia foi diretor financeiro da Sonangol quando Isabel dos Santos liderava a empresa angolana. Em 2022, foi ouvido em segredo no Porto por investigadores holandeses que acabaram por acusar a filha do antigo Presidente de Angola, e o próprio Raikundalia, de práticas de má gestão numa empresa controlada nos Países Baixos.

As assembleias provinciais dos trabalhadores angolanos para a deliberação da greve geral, com início previsto para 15 de março, acontecem em 24 deste mês em 17 províncias angolanas, disse hoje fonte sindical.

Milhares de euros e kwanzas (moeda de Angola) espalhados pelo chão, munições de calibres de guerra e um homem coberto de hematomas, com uma omoplata fraturada, um tiro no peito e quatro na cabeça.

O grupo de trabalho das Nações Unidas sobre Detenções Arbitrárias concluiu que a detenção do empresário luso-angolano Carlos São Vicente foi arbitrária e apelou à sua libertação imediata e compensação, segundo o parecer definitivo hoje divulgado.

O governador do Banco Nacional de Angola disse hoje que a taxa de câmbio deve manter-se estável e a oferta de divisas permanecer em torno dos 600 milhões de dólares (556 milhões de euros) no primeiro trimestre de 2024.

O político e jurista Marcolino Moco diz que gostaria de acreditar que João Lourenço não vai concorrer a um terceiro mandato, mas afirma que os “sinais” apresentados pelo Presidente da República indicam que não vai deixar o poder.

Página 1 de 47