Sábado, 13 de Julho de 2024
Follow Us
Destaque

Destaque (736)

Líderes da Frente Patriótica Unida (FPU), bloco da oposição angolana, queixaram-se hoje de terem sido impedidos pela guarda presidencial de entregar ao Tribunal Supremo de Angola a sua posição sobre a atual situação sociopolítica do país.

Grupo de juízes liderado por Joel Leonardo argumenta ter expurgado as inconstitucionalidades do Acórdão que condenou os arguidos do conhecido ‘caso 500 milhões’, conforme orientação do Tribunal Constitucional, apesar de manter as penas.

O Tribunal Supremo decidiu manter a condenação proferida no julgamento de primeira instância do “Caso 500 milhões”, que envolve os antigos presidente do Fundo Soberano, José Filomeno dos Santos, e o governador do Banco Nacional de Angola (BNA), Valter Filipe, entre outros arguidos.

A economia angolana deverá registar um crescimento de cerca de 3%, no segundo trimestre deste ano, estimou hoje o secretário de Estado para o Planeamento de Angola, sublinhando a necessidade de consistência nos níveis de produção do país.

O Ministério das Finanças angolano pediu à ex-presidente do Tribunal de Contas (TdC), Exalgina Gambôa, que renunciou ao cargo por suspeitas de corrupção, que devolva a casa de função e o automóvel Jaguar que lhe tinham sido atribuídos.

Oito cidadãos nacionais e estrangeiros foram detidos no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, acusados de tráfico de drogas do tipo cocaína, proveniente da cidade de Guarulhos, Estado de São Paulo, Brasil, dissimulada em cápsulas no estômago, em malas e caneleiras.

O ex-líder da UNITA, maior partido da oposição angolana, defendeu hoje a necessidade de os angolanos dialogarem e conviverem, realçando que é antiga a sua amizade com o Presidente da República, João Lourenço.

Investigadores do Cedesa apontam que Angola volta a precisar da China para assegurar o desenvolvimento, numa análise onde apontam a “incapacidade” das empresas ocidentais em investir no país africano e realçam a necessidade cooperação sino-americana no Corredor do Lobito.

O grupo parlamentar da UNITA (oposição angolana) criticou hoje a proposta de divisão da província de Luanda, que considerou “uma manobra” do MPLA para distrair as atenções da crise interna e má governação do Presidente angolano.

O Executivo aprovou, esta quarta-feira, um Decreto Presidencial que fixa o Salário Mínimo Nacional no valor de 70 mil kwanzas e 50 mil para as micro-empresas e empresas iniciantes (startups).

Página 1 de 53