Quinta, 29 de Setembro de 2022
Follow Us

Sexta, 24 Junho 2022 15:12

João Lourenço falou com ex-Primeira Dama Ana Paula dos Santos

O presidente da República de Angola, João Lourenço, telefonou esta sexta-feira a Ana Paula dos Santos para se inteirar do estado de saúde de José Eduardo dos Santos.

Numa nota divulgada na página do Facebook da presidência angolana, esta diligência foi tornada pública. "Na sequência das informações sobre a deterioração do estado de saúde do ex-presidente da República José Eduardo dos Santos, o Presidente João Lourenço manteve hoje uma conversa telefónica com a senhora Ana Paula dos Santos em gesto de solidariedade", escreve-se na referida página.

José Eduardo dos Santos já foi visitado pelos filhos Isabel dos Santos e Coreón Du (José Paulino dos Santos) na unidade de cuidados intensivos do hospital de Barcelona onde se encontra.

Isabel dos Santos saiu ontem, quinta-feira, de Londres onde se encontrava quando tomou conhecimento do agravamento do estado de saúde dos pai.

Já Tchizé dos Santos ainda não terá visitado o progenitor por ter entrado em rota de colisão com Ana Paula dos Santos, a mulher do pai. Tanto Coreón Du como Tchizé dos Santos são filhos de um relacionamento entre Eduardo dos Santos e Maria Luísa Abrantes, com a qual nunca contraiu matrimónio.

Ontem, o Jornal de Negócios, de Portugal, informou que o ex-Presidente da República José Eduardo dos Santos se encontra internado nos cuidados intensivos de uma unidade hospitalar em Barcelona, numa situação de saúde considerada “muito grave”.

A fonte da informação, limitou-se a adiantar que a decisão de encaminhar o ex-Presidente da República de Angola para os cuidados intensivos deveu-se ao “deterioramento do seu estado de saúde”.

O antigo chefe de Estado deixou Luanda, em direcção à cidade de Barcelona, a 7 de Março deste ano, depois de ter estado seis meses na capital angolana, naquele que foi o seu regresso ao país, dois anos depois de ter estado entre a cidade espanhola e o emirado do Dubai.

Há pouco mais de um mês, correu um rumor que dava conta de que José Eduardo dos Santos tinha morrido. Nessa altura, vieram a público uma série de informações sobre o ambiente pouco pacífico vivido em Barcelona entre a ex-primeira-dama da República e as filhas do antigo titular do poder executivo angolano, Tchizé dos Santos e Isabel dos Santos.

O “mau ambiente”, soube-se mais tarde, deveu-se ao facto de Ana Paula dos Santos ter-se mudado para a Barcelona, dois anos depois de se ter afastado do ex-Presidente da República, isto é, logo a seguir ao fim do mandato deste.

A chegada da ex-primeira-dama à cidade Barcelona agravou o clima de crispação em casa, a tal ponto de Tchizé dos Santos ter acusado Ana Paula de se ter deslocado à Espanha com o intuito de acabar “o trabalho que tinha sido começado em Luanda”.

Durante duas semanas, Tchizé dos Santos foi incansável em denunciar nas redes sociais a situação do pai e o alegado papel do governo angolano na gestão do ambiente doméstico de Barcelona. Segundo a filha do ex-Presidente da República, “até o cordão de segurança pessoal de José Eduardo dos Santos foi todo trocado, tendo chegado a aventar a possibilidade de accionarem a polícia espanhola para salvaguardarem a situação do pai.

“Nós, os filhos de José Eduardo dos Santos (…) os que, de facto, estamos a querer zelar pela segurança do nosso pai, pela integridade física e jurídica do nosso pai, estamos a sentir-nos impotentes e só vamos ter uma alternativa que é chamar as autoridades espanholas a intervir, porque isto é um caso de polícia. A outra alternativa é levar ao conhecimento de todos os angolanos o que está a acontecer”, afirmou Tchizé dos Santos à agência Lusa.

Rate this item
(0 votes)