Quarta, 12 de Agosto de 2020
Follow Us

Quarta, 03 Julho 2019 19:18

Não se pode esperar muito de João Lourenço

Muitos países organizaram-se e desenvolveram-se ao longo de muitos anos, com reformas políticas e revoluções industriais.

É nosso dever e obrigação moral como cidadãos, lutar pelas desigualdades sociais e exigir cada vez mais aos nossos governantes, melhor qualidade de vida as nossas populações, que passa por melhorar o sistema de saúde pública, educação, transportes públicos, saneamento básico, habitação, emprego, etc.

Acredito que neste possíveis dois mandatos que JLO tem, não será possível resolver todos problemas que enfermam o país de Cabinda ao Cunene e de Mar ao Leste. Será possível sim (mas não ponho a minhas mão ao fogo), pôr o país nos eixos para que independentemente quem seja os próximos presidentes, não possam retroceder ao progresso destinado a nossa Angola, teoricamente rico em recursos minerais, para que possamos explorá-los e transformá-los em riqueza real para todos os cidadãos da nossa Angola una e indivisível.

É nosso dever como cidadãos, participar na implementação, na fiscalização de todos programas que estão sendo levados acabo pelo conjunto de executivos de João Lourenço, como PND, PIIM, reforma da Justiça, Programa de Estabilização Macroeconómica (MPE), Programa de Produção Nacional, Diversificação das Exportações e Substituição de Importações (PRODESI), e outros a serem implementados para que no final dos respectivos mandatos fazermos a devida avaliação.

Enquanto isso, não devemos nunca ficar descansados a espera na sombra da bananeira que os concursos públicos ou privados aconteçam ou sejamos nomeados, até porque todo Estado não pode e nem tem capacidade de empregar todos os seus cidadãos, pelo contrário devemos ser criativos, lembrando agora da frase “empreendedorismos uma palavra difícil que visa tornar as nossas vidas mais fáceis e melhor”.

Não posso prevê um futuro desejável a todos os angolanos com os possíveis dois mandatos de João Lourenço. Mas posso prevê que, os que apostarem na sua capacitação profissional, os que começarem com seu próprio negócio “inovador”, estarão de certeza bem mais preparados e possivelmente a viver em melhores condições em relação aqueles que esperam que JLO irá resolver todos os seus problemas.

Por Manuel Calembe Zeca Manucho

Rate this item
(8 votes)

Log in or Sign up