Terça, 14 de Julho de 2020
Follow Us

Segunda, 01 Junho 2020 15:54

Inspector do SIC acusado de burlar uma Kinguila em 2,1 milhões Kwanzas

Pedro Gomes, de 50 anos, inspector do SIC-Luanda, colocado no Departamento de Planificação e Análise, foi notificado pelo Gabinete de Inspecção-Geral do Serviço de Investigação Criminal, suspeito de ter burlado uma cidadã de 35 anos em mais de dois milhões de kwanzas, soube o NJ de fonte daquele organismo do Ministério do Interior.

Contactada pelo Novo Jornal, a suposta vítima, que chegou a denunciar o acusado ao SIC, explicou que conheceu o oficial com quem fez um negócio avaliado em 2,1 milhões de kwanzas, no início do ano, através do marido.

"No dia 26 de Fevereiro deste ano, ele [Pedro Gomes] foi a minha casa para pedir um empréstimo, no sentido de compensar com juros. Como é uma pessoa conhecida pelo meu esposo, entreguei-lhe um 1,1 milhões de kwanzas, com a garantia de ele fazer a devolução no prazo de três dias", disse Maria Adriano.

Um dia depois, explica, Pedro Gomes voltou a solicitar outro empréstimo, já no valor de um milhão de kwanzas, totalizando os 2,1 milhões em causa.

"Garantiu-me que, em três dias, faria a devolução dos valores. Mas, desde aquela data, desapareceu sem deixar rasto e deixou de atender ao telemóvel", detalhou a vítima.

Foi assim que, na primeira semana de Abril, Maria Adriano fez uma queixa-crime contra o oficial do SIC, tendo sido aberto o processo que pesa sobre o acusado.

O NJ contactou o acusado para apresentar a versão dos factos, mas este negou o crime de que é acusado. "Isso não corresponde à verdade. Se ela está a dizer isso, está a agir de má-fé", afirmou. Novo Jornal

Rate this item
(2 votes)

Log in or Sign up