Domingo, 19 de Mai de 2024
Follow Us

Quarta, 17 Janeiro 2024 22:01

Inflação: Os angolanos devem preparar se para mais subidas de preços

Inflação vai continuar a magoar os bolsos dos angolanos e devem preparar se para mais subidas de preços pois tanto as estatísticas oficiais como dados não oficiais indicam que a inflação em Angola continua a aumentar.

Segundo dados oficiais a inflação atingiu a taxa anual de 20% em dezembro, a taxa mais alta desde 2022 mas estimativas não oficiais dizem que a inflação já está acima dos 30%. Esta última estimativa foi feita pela Fews Net , a rede de sistemas de aviso de fome no mundo.

A Oxford Economics disse que a inflação deverá atingir a taxa anual de 23% nos primeiros seis meses deste ano devendo para o total do ano ficar em redor dos 21,4% e faz notar que a Inflação subiu quase dois por cento entre Novembro -quando tinha a taxa anual de 18,2% - e os 20% registados em dezembro.

Sendo Angola um país que importa a maior parte dos seus produtos alimentares a queda de valor da moeda nacional vai contribuir para essa inflação. A agência Bloomberg diz que o kwanza perdeu 39% do seu valor em relação ao dólar nos últimos 12 meses.

A ministra das finanças que se encontra em Davos, na Suíça, para o Fórum Económico Mundial disse a essa agencia de notícias que no que diz respeito á inflação terá que se esperar pelos dados do primeiro trimestre para se ver qual a tendência da inflação.

Ela frisou que o banco central angolano está totalmente empenhado em controlar a inflação ao mesmo tempo que o governo tenta aumentar a produção local para reduzir a dependência do país nas importações.

Poderá haver um novo aumento em breve, disseram analistas económicos.

Vera Daves disse esperar que o crescimento económico do pais seja este ano de 2,8% por cento.

Ela defendeu também a decisão do governo de retirar o país da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, OPEP para, segundo disse, poder tirar proveito dos investimentos que estão a ser feitos no setor petrolífero que continua a ser de grande importância para a economia do país. VOA

Rate this item
(1 Vote)