Sexta, 21 de Junho de 2024
Follow Us
Destaques

Destaques (184)

O Presidente da República, João Lourenço, nomeou, esta sexta-feira, 23, o Executivo, na sequência das eleições gerais de 24 de Agosto.

O Presidente da República, João Lourenço, nomeou, esta sexta-feira, 16, os governadores das 18 províncias do país, no quadro da nova governação 2022/2027.

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, nomeou hoje o seu gabinete, tendo optado por manter como diretor Edeltrudes Gaspar da Costa, segundo um decreto presidencial hoje publicado.

O secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, felicitou hoje o Presidente angolano, João Lourenço, pela reeleição, comprometendo-se a reforçar a “relação vital” entre os dois países.

O secretário provincial da UNITA em Luanda, Nelito Ekuikui, acusou o partido no poder em Angola, MPLA, de estar a divulgar uma lista de “alvos a abater” e desafiou o regime a “matar mesmo” em vez de fazer ameaças.

O secretário para a Informação e Propaganda do MPLA (no poder) pediu hoje às autoridades judiciais angolanas que responsabilizem criminalmente a UNITA (oposição), por apresentar “documentos falsificados” nas suas alegações de contencioso eleitoral junto do Tribunal Constitucional (TC).

A oposição angolana manifestou hoje “inquietação” face à marcação de datas para investidura do Presidente da República sem validação dos resultados eleitorais e anunciou a criação de um grupo de trabalho para convocar manifestações que expressem “a repulsa” dos eleitores.

O Tribunal Constitucional (TC) de Angola negou hoje provimento ao recurso apresentado pela coligação CASA-CE (oposição angolana) relativo aos resultados finais das eleições e manteve que a votação na coligação foi insuficiente para eleger um deputado.

A UNITA apontou hoje discrepâncias de mais de 500 mil votos nas eleições angolanas e afirmou que 347 mil foram subtraídos ao maior partido da oposição, alterando, a seu favor, os resultados anunciados pela Comissão Nacional Eleitoral (CNU).

O Presidente do MPLA, João Lourenço, disse este domingo, em Luanda, que aguarda “serenamente” pela decisão do Tribunal Constitucional (TC), sobre os resultados definitivos das eleições gerais de 24 de Agosto.

Página 9 de 14