Sábado, 18 de Mai de 2024
Follow Us

Quinta, 07 Março 2024 16:24

EUA vão reabilitar e construir 186 pontes metálicas em Angola

O Presidente da República, João Lourenço, recebeu hoje, quinta-feira, em Luanda, o embaixador americano em Angola, Tulinabo Mushingi, com quem abordou aspectos relativos à cooperação entre os dois países.

À saída da audiência, realizada no Palácio Presidencial, o diplomata americano disse à imprensa que o encontro insere-se nas trocas periódicas com o Governo e visou discutir áreas de relacionamento entre os Estados Unidos da América e Angola.

Referiu que o relacionamento está a crescer diariamente, por isso discutiu com o Presidente o crescimento da relação bilateral, com foco nos pilares do engajamento e da prosperidade que se prevê continuar a aumentar.

Neste sentido, destacou os esforços da embaixada na diplomacia comercial, estando em perspectiva atrair investimentos privados, consubstanciados em trazer para Angola companhias privadas que possam investir nos diferentes sectores.

Nesta senda, anunciou a vinda a Angola, a 28 deste mês, de uma delegação do Senado, composta por oito senadores, a maior comitiva do órgão.

Exemplificou o Corredor do Lobito, cuja primeira fase envolve as cidades do Lobito e do Luau, na fronteira com a RDC, que conta com um financiamento de cerca de 250 milhões de dólares, financiados pela Development Finance Corporation.

Neste quesito, informou estarem a trabalhar com o Grupo Carrinho, justificando que o Corredor do Lobito não envolve só o caminho de ferro, mas também o desenvolvimento da área, sendo intenção associar o sector da agricultura.

Além do Corredor do Lobito, fez saber que o seu Governo está também apostado na reabilitação e construção de 186 pontes metálicas na área, num investimento da Exim Bank, que já está a trabalhar com a Sun África, a Companhia de Energia Renovável.

Lembrou a vinda a Angola, na semana passada, de uma delegação do ministério norte-americano da Agricultura, que integrou cerca de 20 empresários, que culminou com a assinatura de contratos avaliados em 18 milhões de dólares.

Na área da defesa, disse que está prevista a realização de uma reunião da Comissão da Defesa, nos próximos três meses, em Washington (EUA), pelo que convidaram o ministro angolano do sector para o encontro e para tratar da aquisição de artigos com vista à modernização das Forças Armadas Angolanas (FAA).

A questão do Leste da RDC dominou igualmente o encontro, sobre a qual manifestou a disponibilidade dos Estados Unidos da América de continuar a apoiar os esforços de Angola e o processo de Luanda para a pacificação deste país.

Considerou a liderança do Presidente João Lourenço muito importante e manifestou que os EUA querem que continue a trabalhar no processo de pacificação da região.

A celebração dos 30 anos de relações diplomáticas entre Angola e os Estados Unidos da América foi igualmente analisada durante a audiência, assim como as perspectivas para os próximos 30 anos e não só, augurando que seja cada vez mais brilhante no futuro.

Rate this item
(0 votes)