Quinta, 01 de Dezembro de 2022
Follow Us

Terça, 13 Setembro 2022 12:36

UNITA, FPU e PRS correm as províncias para perguntar aos militantes e à sociedade civil se devem ou não tomar posse

A UNITA e a Frente Patriótica Unida (FPU) enviaram os seus dirigentes a todas as províncias do País. O motivo é procurar ouvir a opinião dos militantes, simpatizantes, amigos, igrejas e sociedade civil sobre se os seus deputados devem ou não tomar posse no Parlamento, na reunião constitutiva agendada para o dia 16 deste mês. 

Também o PRS diz estar a sondar a opinião das estruturas de base do partido.

"Temos de ouvir a opinião daqueles que votaram em nós durante as eleições de 24 de Agosto", disse ao Novo Jornal o secretário para a Organização da UNITA, Diamantino Mussokola, que se encontra em Benguela para auscultar a sociedade civil.

Segundo o político, os resultados de 24 de Agosto desanimaram milhões de pessoas que decidiram votar na alternância do poder, que pertence ao MPLA desde 1975.

O presidente do PRS, Benedito Daniel, disse estar em contacto com as estruturas de base para ouvir a sua posição relativamente à tomada de posse no Parlamento.

"Temos de falar em primeira mão com aqueles que votaram para não tomarmos decisões que prejudiquem o partido", afirmou o líder do PRS, que diz não querer lesar a legislatura e o Estado.

Refira-se que os 220 deputados eleitos a 24 de Agosto serão investidos na próxima sexta-feira, durante a reunião constitutiva da 5ª Legislatura da Assembleia Nacional para o período 2022-2027.

Nas eleições de 24 de Agosto, o MPLA obteve 51,17 por cento e 124 deputados e a UNITA 43,96 por cento e 90 deputados.

Entre os partidos mais pequenos, foi o PRS quem chegou mais longe, ficando em 3º lugar, com 1,14%, seguindo-se a FNLA, com 1,06%, e o PHA, com 1,02%. Todos eles com dois deputados eleitos garantidos.

A CASA-CE, com 0,76%, a APN, com 0,48%, e o PJANGO, com 0,42% dos votos, não conseguiram qualquer assento parlamentar.

Dos mais de 14 milhões de eleitores inscritos, votaram 6.454.109, o que corresponde a 44,82%. Não votaram mais de sete milhões, correspondendo a 55,18% de abstenção. NJ

Rate this item
(0 votes)