Sexta, 19 de Abril de 2024
Follow Us

Sexta, 31 Dezembro 2021 12:31

Ministério das Finanças não paga o Grupo Parlamentar da UNITA desde novembro

O Ministério das Finanças de Angola (MINFIN), está a ser acusado de actos de intolerância extrema, por não pagamento de salários, há dois meses ao Grupo Parlamentar do maior partido da oposição angolana, UNITA.

A denúncia pública a que Angola24horas teve acesso, é da deputada da bancada parlamentar da UNITA, Mihaela Webba, através das suas redes sociais nesta sexta-feira, 31 de Dezembro, criticando Vera Daves, titular da pasta das Finanças de Angola.

"O Ministério das Finanças, liderado por membro do Bureau Político do MPLA, não paga os salários até hoje dos funcionários do Grupo Parlamentar da UNITA dos meses de Nov. e Dezembro de 2021. Intolerância ao mais alto nível!", denunciou Mihaela Webba, deputada da UNITA.

Por outra, a deputada esclareceu que se trata de funcionários afectos ao Grupo Parlamentar e não deputados, no contexto geral. Mais não adiantou se é somente o grupo parlamentar do seu partido que esteja durante este período sem os seus ordenados ou trata-se de outros partidos também.

Um analista, de cuja identidade repousa sob anonimato, em reacção ao facto, defendeu que, sendo a Assembleia Nacional uma entidade autónoma, não seria o Ministério das Finanças a fazer o pagamento para estes funcionários, tendo lamentado igualmente o que sucede.

Desde que foi tornado público, o assunto está a ser considerado em meios de opinião pública como uma exclusão social desmedida, pelo de, desde já não haver razões (pelo menos tornadas públicas) para justificar tal falta.

Rate this item
(1 Vote)