Sábado, 22 de Janeiro de 2022
Follow Us

Terça, 07 Dezembro 2021 17:30

MPLA alarga Comité Central de 497 para 693 membros

O Comité Central realizou, nesta terça-feira, 07 de Dezembro, a sua VII Sessão Extraordinária, no Centro de Conferencias de Belas, em Luanda, sob orientação do Presidente da República, igualmente do MPLA, João Manuel Gonçalves Lourenço.

De acordo com o Comunicado final que Angola24horas teve acesso, após a aprovação da ordem de trabalhos, a VII Sessão Extraordinária do Comité Central discutiu e aprovou a resolução sobre o alargamento do Comité Central, que passa de 497 para 693 membros.

Da futura composição do Comité Central, o MPLA realça em nota de imprensa que foi conseguida a paridade do género, havendo 346 candidatos do sexo masculino e 347 do sexo feminino.

De igual forma, acrescenta, o futuro Comité Central aprovou 340 candidatos pela lista da continuidade e 353 pela lista da renovação.

No concernente à representatividade da Juventude, o futuro Comité Central terá mais de 35% de jovens, entre os 18 e 35 anos.

Aprovou igualmente a resolução sobre a Lista da Composição dos membros do Comité Central e dos respectivos suplentes, para além da resolução sobre a Candidatura de João Lourenço ao Cargo de Presidente do MPLA.

O Comité Central, expressou na mesma ocasião o seu total apoio à Candidatura de João Lourenço ao cargo de Presidente do MPLA, pela sua dedicação e contribuição para a unidade e coesão no seio do Partido, princípios que contribuem para que o MPLA continue a ser o maior e o principal agente das transformações políticas económicas e sociais de Angola.

Assim, o Comité Central deliberou que, a aprovação das listas de candidatos a Presidente do Partido e para membros do futuro Comité Central fosse feita por mão levantada, devendo a mesma a ser feita por voto secreto no VIII Congresso Ordinário do Partido.

"O Comité Central manifestou o seu reconhecimento pelo desempenho de todos os militantes que agora cessam o seu mandato, em particular o acto assumido por alguns membros integrantes da Luta de Libertação Nacional e da Clandestinidade que se disponibilizaram, voluntariamente, para deixar os seus lugares à disposição de quadros da nova geração", lê-se no documento.

O Comité Central felicitou, também a JMPLA  pela comemoração dos 59 anos da sua fundação e recomendou a Direcção da organização a continuar a trabalhar com os jovens angolanos na educação patriótica e na transmissão dos valores, que devem reger a conduta dos jovens na sociedade.

Finalmente, os membros do Comité Central saudaram a realização do VIII Congresso Ordinário do MPLA, a decorrer de 9 à 11 de Dezembro em Luanda, sob o Lema: MPLA- Por Uma Angola Mais Desenvolvida, Democrática E Inclusiva, bem como pela celebração do 65º Aniversario da Fundação do MPLA, que se comemora a 10 de Dezembro, apelando aos seus militantes, simpatizantes e amigos a participarem activamente nas festividades alusivas ao evento.

O Comité Central, reiterou o seu apoio ao candidato João Lourenço, Presidente da República de Angola e Titular do Poder Executivo e encoraja-o a continuar a implementar acções em prol do desenvolvimento do País, do bem-estar dos cidadãos, da paz, da reconciliação Nacional, da estabilidade e da integração regional e internacional.

Rate this item
(1 Vote)

Log in or Sign up